Aguarde...

Noticias

Campinas inicia 2020 com mais de um caso de dengue por dia

Foram 34 registros desde o início do ano até o último dia 22; 2019 terminou como o ano da terceira maior epidemia da doença na história da cidade

| ACidadeON Campinas

Aedes, transmissor da dengue (Foto: Weber Sian / ACidade ON Ribeirão)
 
A Prefeitura de Campinas confirmou nesta segunda-feira (27) o registro de 34 casos de dengue na cidade do início do ano até o último dia 22. De acordo com a Secretaria de Saúde, os casos estão espalhados pela cidade não havendo, por enquanto, uma região considerada mais crítica. Esse é o primeiro balanço do ano.

Outros casos estão em análise no Instituto Adolpho Lutz, em São Paulo. A Prefeitura não informou o número de casos suspeitos.

Nesta segunda (27) a Prefeitura também divulgou um novo alerta para bairros com risco de transmissão. São eles o Jardim Bassoli, Jardim Yeda, Jardim Márcia, Jardim São Domingos, Jardim Santa Mônica, Jardim Eulina e Parque Rural Fazenda Santa Cândida.

BALANÇO DO ANO

A cidade encerrou o ano de 2019 com 26.310 casos confirmados de dengue e cinco mortes provocadas pela doença, segundo a Prefeitura. O total de infectados pelo vírus fez com que o município registrasse a terceira maior epidemia da história.

O levantamento considera a soma entre casos autóctones, quando a transmissão do vírus pelo mosquito Aedes aegypti ocorre na cidade; e importados, classificação para infecções que ocorrem fora dela.

A pior epidemia registrada por Campinas ocorreu em 2015, com 65.634 casos confirmados da doença. Um ano antes, a cidade contabilizou 42.109 pessoas infectadas pelo vírus.

Mais do ACidade ON