Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Noticias

Ignácio de Loyola Brandão se consagra como imortal da ABL

"Eu quero que tudo seja livre", diz Ignácio no dia em que entrou para a Academia Brasileira de Letras

| ACidadeON/Araraquara

Ignácio de Loyola Brandão tomou posse da cadeira 11 na Academia Brasileira de Letras (Foto: Reprodução/Globo)
 
Ignácio de Loyola Brandão tomou posso como novo imortal da Academia Brasileira de Letras, na última sexta-feira (18). Em entrevista para o jornal nacional, ele ressaltou seu pensamento sobre liberdade.

"Eu vivi a proibição do meu livro mais importante, o Zero. Eu não quero que isso mais aconteça. Eu quero que tudo seja livre e a academia tem um peso que pode me ajudar a fazer essas coisas. Então, eu tenho que entrar na academia para ver até que ponto eu posso fazer isso, mas eu tenho certeza que eu posso".

Em seu discurso ele fez homenagens aos acadêmicos que antes ocuparam a mesma cadeira, como Hélio Jaguaribe, e leu trechos de reflexões do sociólogo sobre o Brasil.

Ignácio falou também que as "sombras se adensam neste País" e chamou a atenção para os filtros culturais.

Filho de ferroviário, Ignácio de Loyola Brandão nasceu em 1936. Começou a carreira como jornalista, ainda na juventude. Quando tinha 21 anos se mudou para São Paulo. Trabalhou no jornal "Última Hora" e passou ainda pelas revistas "Claudia", "Realidade", "Setenta", "Planeta", "Ciência e Vida", "Lui" e "Vogue".

Em 2016, Loyola ganhou, pelo conjunto da obra, o Prêmio Machado de Assis de 2016, entregue pela própria ABL, que agora o acolhe como imortal.

Entre seus romances mais conhecidos estão "Bebel que a Cidade Comeu", "Zero", "Não Verás País Nenhum", "O Beijo Não Vem da Boca", "Dentes ao Sol", "O Anjo do Adeus" e "O Anônimo Célebre".


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON