Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

Espaço do leitor: São Paulo parou e a Ferroviária passou!

Rodrigo (Soró), torcedor apaixonado da Locomotiva, fala sobre a experiência da AFE no Pacaembu

| ACidadeON/Araraquara

Karina, Gilda, Soró e Isake no Pacaembu; reencontro de amigos na arquibancada. (Foto: Tom Magno/AFE)

Dia 9 de março de 2019, foi um dia especial para mim. Depois de um ano sem viajar com a Coração Grená, retornei ao ninho, a torcida que mais participei em minha vida. 

Para mim foi uma viagem especial, rever os amigos queridos de tantas viagens para ver a Ferroviária ao lado da mulher amada, Gilda, a primeira dama afeana do São José da Morada do Sol! 

O destino era São Paulo e o Pacaembu. Estávamos ansiosos, tanto que fomos um dos primeiros a chegar na concentração. Delegação composta, seguimos viagem. 

Hoje somos um grupo de amigos e familiares que seguem o time aonde ele for. Passei por várias fases da torcida e esta é agradável, já que é bonito ver as crianças e a velha guarda de torcedores, ao mesmo tempo - iguais ao Adrian, Matheus e 25; Claudemir e João Batista. 

No caminho, nosso pensamento era positivo. Ir ao Paca e trazer a vitória para a Morada do Sol. Afinal, aqui é Ferroviária! 

Também tivemos emoções na viagem, em especial por causa das fortes chuvas e do provável cancelamento da partida. Bem nessa hora meu celular travou! Haja coração! 

Chegando em São Paulo por motivo de segurança fomos escoltados pela Polícia Militar. Aliás, um excelente trabalho. Para mim nada de anormal, mas para muitos passou a sensação de que São Paulo parou e a Coração Grená passou, com direito a um show de habilidade no volante do motorista Clézio, da Follone Turismo.

Mas também no campo, foi o mesmo sentimento e mais uma vez de vitória, mesmo que no placar deu empate. 

Lotamos o setor para visitantes no estádio Paulo Machado de Carvalho, o "velho e querido Pacaembu", o mesmo em que a Ferroviária foi campeã em 1966, com o gol do querido Maritaca da segunda divisão em cima do XV de Piracicaba. 

Além do nosso ônibus mais duas vans e carros saíram daqui com torcedores, sem contar os afeanos espalhados na Grande São Paulo, ABC e região. Todos incentivando e torcendo positivamente para a AFE.   

Torcida afeana nas arquibancadas do Pacaembu no duelo com o São Paulo. (Foto: Tetê Viviani/Colaboração)

Ao meu lado ficou o senhor Isake, que morou aqui na Vila Xavier e escutou o locutor da rádio da Capital dizer: "Ferroviária, a pedra no sapato dos grandes, não que não somos grandes." 

Já no retorno para casa, pude comemorar junto com todos o empate. Depois do acesso e do título da Copa Paulista, este é nosso melhor momento. 

Diretoria, torcedores, jogadores e cidade unida pela classificação e uma brilhante participação ainda no campeonato. 

Na foto a nossa torcida no Pacaembu nas lentes de Tetê Viviane, que foi com a gente. 

Quero enviar um abraço ao Paulo Ferreira, motorista de Uber e meu leitor nesta coluna! 

Agora é administrar, ganhar do São Caetano e jogar bem em Novo Horizonte. 

Arriba, apita e arrepia Locomotiva! 

É o Terror, Ferroviária, a melhor do Interior!

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Mais do ACidade ON