Publicidade

Blogs e colunas   -   Blog da Torcida

A última fase decisiva chegou: Ferroviária rumo ao Ceará

Com larga bagagem, a Ferroviária agora enfrenta o Atlético Cearense, com a decisão a ser disputada na Fonte Luminosa

| ACidadeON/Araraquara -

Ferroviária se classificou para as quartas e está próxima do acesso à Série C (Foto: Divulgação/Jonatan Dutra/AFE)
 


Na volta do público na Arena da Fonte, a Ferroviária só empatou com o Esportivo de Bento Gonçalves, mas devido à vitória na primeira partida, a Locomotiva se classificou para as quartas de finais. 

A Ferroviária, que visitou o Esportivo pela partida de ida das oitavas de finais, vai, até então, justificando a primeira colocação geral, mesmo que o desempenho nas fases de mata-mata não seja dos melhores já vistos (a Locomotiva é apenas a 5ª melhor equipe durante as fases eliminatórias, com 4 jogos e 2 vitórias). 

Na partida de ida, a Ferroviária dominou o time sulista, abrindo uma vantagem de dois gols na etapa final, com tentos de Gleyson e Bruno Leonardo. Vale ressaltar as boas atuações, também de Bruno Santos, Ian Luccas, Marquinhos e Júlio Vitor.
Porém, no último lance do confronto, a Ferroviária foi penalizada com um gol, por uma desatenção do sistema defensivo, fazendo com que, a esperança do time alviceleste fosse revitalizada para o jogo de volta. 

Confronto marcou o retorno da torcida aos estádios após proibição pela pandemia (Foto: Divulgação/Jonatan Dutra/AFE)

Neste segundo, em específico, a volta de público possivelmente deu um bônus de ânimo para a equipe grená. Jogar com público no estádio, mesmo que não fosse uma grande quantidade em relação aos jogos antes da pandemia, deve ter sido no mínimo diferente. As 794 pessoas presentes no campo puderam ajudar a Ferroviária a se classificar. Foi uma experiência nostálgica, algo não sentido há mais de 18 meses. 

Aos 28 minutos da primeira etapa, o incansável Bernardo puxou um contra-ataque e deixou Júlio Vitor em posição clara para fazer o único gol afeano do jogo. As chances de Gleyson, Luan e Bruno Santos quase ampliaram a momentânea vantagem da Locomotiva. 

Contando com boas atuações de Bruno Leonardo, Bernardo, Marquinhos, Jefinho e Júlio Vitor, a Ferroviária empatou e chegou, pela primeira vez, nas quartas de finais da Série D, fase que antecede o tão desejado acesso.  

Ferroviária possui melhor campanha da Série D 2021 (Foto: Divulgação/Jonatan Dutra/AFE)

Porém, mais uma vez foi vista uma situação infeliz na Arena da Fonte: novamente o time adversário protagonizou uma confusão em solos araraquarenses. O juiz, equivocadamente, na minha visão, expulsou Ian Luccas durante esse caos. 

Com larga bagagem, a Ferroviária agora enfrenta o Atlético Cearense, com o primeiro jogo a ser disputado em Fortaleza, deixando a aguardada decisão para a Fonte Luminosa. Que essa temporada seja a última na Série D, um campeonato kamikaze que eu temo dizer que nenhum afeano aguentaria mais um ano nesta competição.

Blog da Torcida

Sobre o colunista

Publique sua foto ou vídeo demonstrando sua paixão pela Ferrinha usando a #EuAmoaFerrinha. É AFE no coração e na torcida.

Publicações



Facebook



Publicidade

Publicidade