Publicidade

Blogs e colunas   -   Seu nome esta na rua

Avenida 7 de Setembro: um marco na expansão do comércio em Araraquara

Araraquara tem avenida que faz homenagem ao Dia da Independência

| ACidadeON/Araraquara -

Comércio na quarentena no centro comercial do Carmo (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)
Avenida Sete de Setembro, em Araraquara  (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)
 
A Avenida Sete de Setembro é uma das principais vias de Araraquara e liga a região central com região leste, bairros do Carmo e São José. 

A avenida sempre teve um papel importante para a economia local. Segundo o historiador Hamilton Mendes, no começo dos anos 30, o trecho passou a ser ocupado por pequenos comércios de moradores das redondezas e também sitiantes. Comum na avenida, por exemplo, eram selarias e lojas de artigos para o homem do campo. Com o tempo, entretanto, o comércio evoluiu atendendo a demanda dos consumidores.  

"Moradores dos bairros São José e Carmo começaram a montar comércio naquela avenida, tirando pela primeira vez a exclusividade da Rua do Comércio [hoje Rua Nove de Julho}", explica.  

Na década de 20, o trecho era uma das rotas para as chácaras daquela região. Até que quando os primeiros comércios foram instalados e também naquela região o Departamento de Estrada de Rodagem (DER), a Avenida Sete de Setembro foi mostrando sua importância.
"Naquela época a avenida era mão dupla e era também a principal entrada e saída de Araraquara, fazendo a ligação com a Rodovia Washington Luís", diz Mendes.  

Um dos pontos marcantes da Avenida Sete de Setembro foi a construção do Cine Coral, fundado em 1963. O local exibiu filmes até 1980.
"A família Graciano também foi importante no fomento daquela região e colocaram para funcionar o Cine Coral, um marco na Avenida Sete de Setembro", explica.  
 
Comércio na quarentena no centro comercial do Carmo (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)
Cine Coral foi fechado na década de 80, mas marcou Araraquara (Foto: Arquivo)


SETE DE SETEMBRO
Sete de Setembro se comemora a Independência do Brasil. Em 7 de setembro de 1822, o imperador d. Pedro I proclamou o grito da independência às margens do Rio Ipiranga, na atual cidade de São Paulo. Com isso, o Brasil rompeu sua ligação com Portugal e consolidou-se como nação independente.  

Foi por causa da possibilidade de recolonização do Brasil que o nosso processo de independência iniciou-se. A elite econômica do país nesse caso, a elite do Sudeste não aceitava essa possibilidade porque afetaria seus interesses econômicos. Negociações estenderam-se durante 1820 e 1821, mas, a partir de 1822, o sentimento separatista começou a ganhar força.  

Quem encabeçou a independência do Brasil foi o príncipe regente d. Pedro. À medida que a situação foi tornando-se irreconciliável, o príncipe foi convencido a liderar o processo de independência do Brasil. Em 7 de setembro de 1822, a situação mostrou-se insustentável, e o regente declarou a independência.

Blog da Torcida

Sobre o colunista

Este blog vai contar a história de pessoas que dão nome às ruas e bairros de Araraquara, através da jornalista Fernanda Manécolo.

Publicações



Facebook



Publicidade

Publicidade