Matão registra primeiro caso da região da varíola dos macacos Matão registra primeiro caso da região da varíola dos macacos

Matão registra primeiro caso da região da varíola dos macacos

Informação foi confirmada nesta quarta-feira (03) pela secretaria estadual de Saúde; secretário fala em caso suspeito

Primeiro caso de varíola dos macacos na região foi registrado em Matão (Foto: Dado Ruvic/Reuters)

Matão é a primeira cidade da região de Araraquara a registrar caso da Monkeypox, ou varíola dos macacos como ficou conhecida. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (03) pela secretaria estadual de Saúde, mas detalhes sobre o paciente não foram divulgados.

>

Procurado pelo acidade on, o secretário municipal de Saúde, Ademir de Souza, disse apenas que há um caso suspeito na cidade, mas que não poderia comentá-lo porque o município ainda não foi comunicado oficialmente da confirmação.   
 
 
VEJA TAMBÉM 
 
Araraquara registra 19 mil casos de dengue em sete meses
 
Semana Mundial de Aleitamento Materno é realizada no Sesc Araraquara


No Estado de São Paulo, já são 1.184 casos da doença. Próximo a Araraquara, há dois casos confirmados em São Carlos.

Segundo a secretaria estadual de Saúde, todos os casos são acompanhados pelas Vigilâncias Epidemiológicas municipais e estadual. 

A transmissão do vírus ocorre entre pessoas, com prevalência no contato íntimo e sexual, sem qualquer relação com os macacos na transmissão para seres humanos. 

O principal sintoma é o surgimento de lesões no rosto, boca ou em outras partes do corpo, além de febre, dor de cabeça, cansaço e calafrios. 

A orientação é que se evite contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele e compartilhamento de roupas e objetos pessoais, e reforça a higienização das mãos e o uso de máscaras. 
 
 
LEIA MAIS  
 
Conheça os convocados para o Sul-Americano de Meia Maratona

Mais Notícias

Mais Notícias