ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

Cotidiano

'Vaquinha' pretende comprar aparelho auditivo e devolver direito de Bruno ouvir

Adolescente nasceu com perda auditiva bilateral e precisa de auxílio do equipamento para conseguir ter audição próxima do normal.

| ACidadeON/Araraquara

 

Ouvir tudo o que está ao redor é algo natural para muitas pessoas, porém, para Bruno Matheus Carvalho, 13, e seus familiares isso pode ser a realização de um sonho. Isso porque, o adolescente nasceu com perda auditiva bilateral e precisa de um aparelho auditivo específico para conseguir recuperar a percepção e faz campanha para arrecadar 14 mil reais para adquirir o equipamento.  

A campanha começou depois de um teste mostrar que um tipo de aparelho melhorou o desempenho de Bruno no acompanhamento que faz com a fonoaudióloga Elisandra Santos Mendes Garcia, porém, o alto custo separa o adolescente e sua família da aquisição, uma vez que a fase de testes terminou, restando como alternativa somente a compra.  

De acordo com Elisandra, os aparelhos disponibilizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) não contemplam a especificidade do caso. Após testes com aparelhos feitos em clínicas particulares, a fonoaudióloga aponta que houve significativa melhora nos resultados, porém, eles não estão inclusos na lista de cobertura do sistema público e possuem custo em torno de 14 mil reais, fora do alcance dos pais, que gastam seus recursos com necessidades básicas.  

"Outros aparelhos não contemplaram a perda dele, foi quando tentamos um teste por 15 dias do equipamento que está agora. Ele usou e se transformou, evoluiu. Ele vinha só perdendo o que tínhamos avançado em terapia. Ele gosta de ouvir, se sente feliz, gosta de ter essa sensação. Mas agora ou devolvemos, ou adquirimos o aparelho", afirma a profissional.  

Já a mãe de Bruno, Neomar Andressa dos Santos, afirma que a família não possui condições para comprar o equipamento e por isso faz esforço para adquirir o equipamento. Ela conta ainda que todo o dinheiro que usam todo o dinheiro que dispõe para garantir despesas básicas da família e pagar o plano de saúde e escola.  

"Ele precisa ouvir, isso ajudará tanto na vida pessoal quanto na escola. O Bruno não sabia o que era ouvir as batidas de seu próprio coração e essa foi a primeira coisa que ele comemorou que conseguiu ouvir. Não tem como dizer que isso não foi bom na vida do meu filho, pois até para ele conseguir falar melhorou e ouvir fará toda a diferença na vida dele", explanou a mãe.  

A vontade de ouvir é tanta, que Bruno também está empenhado em conseguir dinheiro trabalhando. Sempre que pode vai até o comércio da família e ajuda servindo os clientes, limpando as mesas e lavando copos para fazer economia e comprar o aparelho auditivo que tanto fará diferença em sua vida.

Como ajudar Bruno a ouvir?
Para arrecadar os recursos necessários para adquirir o aparelho auditivo foi criada uma vaquinha online, que recebe as doações de diferentes valores. Não possui um valor mínimo para doação. Os interessados em contribuir com a campanha podem acessar o site e ajudar. "Não existe uma conta bancária para fazer a contribuição, pois desta forma fica mais transparente e as pessoas podem ver quanto temos e quanto falta para chegar. Estamos aceitando qualquer valor, quanto puder e for de coração estamos aceitando", finaliza.  

Clique aqui e contribua: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/aparelho-auditivo-para-bruno
 

Veja vídeo: 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook