Para tirar dúvidas sobre FGTS, trabalhadores demoram mais de três horas na fila

Na hora do almoço, mais de 120 pessoas aguardavam senha na agência do centro da Caixa para tirar dúvidas

    • ACidadeON/Araraquara
    • Tom Oliveira
Tom Oliveira
Ronaldo dos Santos esperou e saiu decepcionado: "Tenho muito pouco para sacar" (Tom Oliveira/ACidadeon Araraquara)

O operador de máquinas Edivânio Oliveira Santos, de 52 anos, entrou na agência da Avenida Brasil da Caixa Econômica Federal de Araraquara, ao lado da Igreja Matriz, por volta das 13 horas nesta quinta-feira (16). Só saiu de lá depois que o banco já havia fechado, após as 16 horas. “Pelo menos consegui tirar minha dúvida”, afirmou.

Essa cena tem se repetido dia a dia nessa agência, que é a mais procurada dos araraquarenses. O impermeabilizador Ronaldo dos Santos, 43, também veio consultar o valor que tem de contas inativas. Ficou decepcionado em dose dupla. A primeira por conta das três horas na fila. A segunda, porque o valor que ele poderá sacar não é o que esperava.

“Consegui a informação que eu queria. Vou conseguir tirar no dia 12 de maio. Agora, que já até fechou o banco, deve ter umas 150 pessoas nesse momento esperando para serem atendidas”, relatou.

Quem ficou na porta da agência o dia todo também se surpreendeu, como é o caso do vendedor ambulante Alex Gimenes, 35. “Vi muita gente aqui reclamando na fila. Demorava mais de uma hora só para o pessoal pegar a senha para chegar no lugar que precisava”, comenta.

Segundo informações de funcionários da agência, às 14h30 havia 120 pessoas na fila de espera para passar pela triagem e receber a senha para se dirigir à fila dos caixas que estavam tirando as dúvidas sobre as contas inativas do FGTS. Muita gente tentou fazer essa consulta na hora do almoço, mas não conseguiu sair a tempo ou desistiu.

Para que os trabalhadores que têm direito ao saque das contas inativas esclarecem as dúvidas, as agências da Caixa abriram duas horas mais cedo na quarta, quinta e também abrirão nesta sexta (17). As agências da Caixa abrirão também aos sábados, já a partir do dia 18.
A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Caixa, mas não recebeu resposta até a publicação dessa matéria.

Os saques das contas inativas começa em março
O calendário para o saque dos saldos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) deve começar na sexta-feira, dia 10 de março. A ordem dos saques deve ser baseada no mês de aniversário do trabalhador.

Pelo último desenho do calendário, quem nasceu em janeiro e fevereiro, poderá sacar os recursos a partir de 10 de março; quem nasceu em março, abril e maio, poderá sacar a partir de abril; os que fazem aniversário em junho, julho e agosto, a partir de maio; os aniversariantes de setembro, outubro e novembro, a partir de junho; e os que nasceram em dezembro, em julho.

A Caixa vai abrir durante cinco horas a partir do próximo sábado para orientar os trabalhadores sobre como devem proceder para retirar o dinheiro das contas inativas, aquelas vinculadas a contrato de trabalho já extinto. Uma única pessoa pode ter várias contas do FGTS, uma para cada trabalho com carteira assinada, e cada conta é encerrada quando o respectivo contrato é finalizado.

Normalmente, existe saldo de contas inativas de pessoas que pediram demissão e não sacaram o dinheiro, para utilizar, por exemplo, no financiamento à casa própria. A retirada poderá ser feita apenas das contas inativas com data de desligamento do empregado até 31 de dezembro de 2015. Quem pediu demissão depois disso não poderá efetuar o saque - a não ser que tenha outros contratos encerrados em anos anteriores.

Para quem tem até R$ 3 mil em contas inativas, a Caixa vai orientar a fazer o "cartão cidadão" para retirar o dinheiro diretamente do terminal de autoatendimento. Para isso, é necessário estar cadastrado no PIS/Pasep e ter o Número da Inscrição Social (NIS). Os atendentes vão explicar onde fazer a inscrição e como retirar esse cartão. Quem recebe o Bolsa Família não precisa do cartão cidadão, pois o cartão que recebe o benefício também pode realizar operações do FGTS.

Quem tem mais de R$ 3 mil nas contas inativas precisará sacar o dinheiro na fila do atendimento. Os clientes da Caixa que possuem poupança terão o dinheiro do FGTS diretamente transferido para a caderneta - quem tem apenas conta corrente no banco terá de autorizar a transferência do dinheiro.

F.L.Piton / A CIDADE
Veja o calendário para saque do FGTS

Quem pode sacar o saldo inativo
•Todo trabalhador que se demitiu ou foi demitido por justa causa até 31/12/2015
•Há 49,6 milhões de contas inativas, sendo que há R$ 43,6 bilhões de saldo
•Serão 30,2 milhões de trabalhadores beneficiados e R$ 30 bilhões injetados na economia

O cronograma de pagamento
•Trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro, poderão sacar a partir de 10 de março;
•Quem nasceu em março, abril e maio, a partir de 10 de abril;
•Os trabalhadores nascidos entre junho e agosto, a partir de 12 de maio;
•Quem nasceu em setembro, outubro e novembro, a partir de 16 de junho;
•Nascidos em dezembro, após 14 de julho.

Fonte: Caixa Econômica Federal

 

A Caixa explica como sacar os valores
De acordo com a Caixa Econômica Federal, existem várias formas de sacar o saldo das contas inativas e podem variar de acordo com o valor a ser recebido pelo trabalhador. A CAIXA orienta que os trabalhadores consultem o site www.caixa.gov.br/contasinativas ou o 0800 726 2017 para serem direcionados à melhor opção de pagamento antes de se dirigirem a um dos canais oferecidos.

Clientes com Poupança CAIXA terão os valores depositados automaticamente na conta individual (poupança vinculada a apenas um CPF) no primeiro dia do cronograma de acordo com o mês de seu aniversário. Clientes correntistas (contas 001 e 023) podem realizar a opção para crédito em conta pelo site das contas inativas ou pelo telesserviço.

Benefícios de até R$ 1,5 mil poderão ser sacados em terminais de autoatendimento da CAIXA com a Senha do Cidadão. Saques de saldos entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil também podem ser realizados nos terminais de autoatendimento, sendo necessário portar o Cartão do Cidadão e a senha.
O trabalhador com saldo até R$ 3 mil que possua o Cartão do Cidadão e senha ainda pode optar por sacar em Correspondentes CAIXA Aqui ou lotéricas, devendo apresentar documento de identificação. Valores acima de R$ 3 mil serão sacados exclusivamente nas agências da CAIXA ou depositados em conta CAIXA do cliente.

Para valores superiores a R$ 10 mil será necessária a apresentação da carteira de trabalho ou documento que comprove a extinção do vínculo do trabalho. Independentemente do valor, no entanto, a CAIXA recomenda que todos que precisarem ser atendidos nas agências levem, além dos documentos pessoais, a carteira de trabalho para agilizar o atendimento em caso de dúvidas.
 


1 Comentário(s)

Comentário

Edinaldo Dantas

Publicado:

Se estou desemprego já posso sacar o FGTS ou tenho que esperar a data do saque?