Terrero de umbanda é alvo intolerância religiosa em Rincão Terrero de umbanda é alvo intolerância religiosa em Rincão

Terrero de umbanda é alvo intolerância religiosa em Rincão

Garrafas de vidro e latas de cerveja foram lançadas durante culto; ninguém ficou ferido 

De:  Redação Araraquara
Terrero de Rincão foi alvo de intolerância religiosa (Foto: Divulgação)

O terrero "Tenda de Umbanda Cabocla Flexeira" foi alvo de intolerância religiosa em Rincão na última semana. Latas de cerveja e garrafas de vidro foram lançadas durante um culto no local, que no bairro Alexandre Pavoni.  

Cacos de vidro se espalharam e por sorte, ninguém ficou ferido. Segundo o boletim de ocorrência, o responsável pelos ataques seria um vizinho que não aceita o culto.

"Esperamos respeito e que esses ataques parem, que as pessoas reflitam melhor o que fazem, isso não é justo. Aqui é um terrero assim como existe a igreja, o budismo, o muçulmano. Da mesma forma que não causamos problema não queremos receber problemas", enfatizou YaCláudia Santos Oya Fumpé, presidente da Associação religiosos de umbanda candomblé e Jurema de Araraquara e região.  

A mãe de santo Nilza Aparecida de Almeida, de 51 anos, tem problemas de saúde e chegou a ser hospitalizada após passar mal devido ao ato de violência e intolerância.

Vestígios de cacos de vidros das garrafas lançadas contra o terrero em Rincão (Foto: Divulgação)

"Levar isso adiante muitas vezes é desgastante tanto para gente quanto para a pessoa que está causando esses ataques. Aqui fazemos o bem sem olhar a quem, estamos muito tristes com tudo isso. Estamos tentando proteger nosso povo dos ataques", apontou YaCláudia.

A Polícia investiga o caso.  

Mais Notícias

Mais Notícias