Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Multa por queimada em terreno pode ultrapassar R$ 250 mil

Prefeitura e Daae dão início a campanha que tem o objetivo de mobilizar a população para acabar com esta prática

| ACidadeON/Araraquara

Queimadas deixam o tempo seco ainda mais prejudicial à saúde; número de casos cresce no inverno
A Prefeitura de Araraquara e o Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae) estão realizando uma campanha educativa de prevenção às queimadas urbanas e rurais. O objetivo é mobilizar a comunidade para evitar a prática e denunciar quem insiste em colocar fogo em áreas de mato. A ação tem apoio do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil.

A campanha, que acontece por meio de distribuição de folhetos e ações em mídia digital, rádio e outdoor, alerta para a proibição da prática e o impacto das queimadas para o meio ambiente e para a segurança e a saúde da população.

A Lei Complementar Municipal nº 816/2011 proíbe a queimada na zona urbana do município e sujeita à multa ambiental o responsável pelo imóvel, ou seja, o proprietário, titular ou possuidor. A multa varia de 10 a 5 mil UFM (Unidades Fiscais do Município), de acordo com o tamanho da área (uma UFM corresponde a R$ 53,30), ou seja, a multa pode ultrapassar R$ 250 mil.

As queimadas poluem o meio ambiente, aceleram o efeito estufa, reduzem a variedade de espécies de animais e vegetações, prejudicam a qualidade do solo e o crescimento das plantas, causam danos à rede elétrica e riscos de incêndio em residências e outros imóveis. Além disso, a prática provoca problemas de saúde e também acidentes de trânsito, já que a fumaça dificulta a visibilidade dos motoristas.

Como prevenir
Além de orientar parentes, amigos e vizinhos sobre o problema, algumas ações devem ser evitadas: não acumular ou queimar folhas, galhos, capim, madeiras, lixo, papéis, móveis e rejeitos de qualquer espécie; não jogar lixo ou resíduos em terrenos baldios, praças, ruas, calçadas e margem de córregos; manter o terreno limpo, gradeado ou roçado; recolher os resíduos de capina e roçada; e não jogar pontas de cigarro em ruas, terrenos ou pela janela do carro.

Também é importante fazer barreiras de proteção ou aceiros (desbaste da vegetação em volta da propriedade ou área vegetada), a fim de prevenir a propagação do fogo em caso de queimadas ou incêndios que possam ocorrer na propriedade ou em áreas próximas.

Como denunciar
A população deve denunciar as queimadas urbanas ao Daae, por meio do telefone 0800 770 1595. Já as queimadas nas áreas rurais devem ser denunciadas ao Disque Ambiente 0800 11 3560 ou ao site denuncia.sigam.sp.gov.br. A Polícia Ambiental, por meio do telefone 3335-7980, e a Cetesb, pelo 3332- 2211, também recebem denúncias referentes à área rural.

Para conter o fogo, a orientação é acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.


Veja também