Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Epidemia de dengue em Araraquara gera número alto de atestados no comércio

Supermercado já teve 10% do seu quadro de funcionários afastados por causa da doença.

| ACidadeON/Araraquara

Comércio de Araraquara sofre com a falta de funcionários atingidos pela dengue. Foto: Marlon Tavoni/EPTV
A epidemia de dengue em Araraquara está causando muitas faltas de funcionários nos estabelecimentos comerciais da cidade, afetando a operação do dia a dia.

De acordo com a última atualização feita pela prefeitura, na segunda-feira (4), este ano foram confirmados 906 casos de dengue na cidade.

Em um supermercado atacadista, 10% dos funcionários tiraram atestado por conta da doença. Até o momento, foram 12 casos, o último nesta sexta-feira (8). 

Os atestados são, geralmente, de cinco a sete dias e, por conta dos afastamentos, as empresas têm que remanejar o trabalho para não afetar o atendimento ao cliente e acaba tendo que arcar com horas extras dos funcionários que cobrem o colega doente.

O gerente do supermercado pegou dengue em 2018 e sabe que o doente não tem condições de trabalhar.

"A gente fica impossibilitado, sem condições nenhuma. Tem que tomar soro todos os dias, todo dia tem que retornar no centro médico para ser atendido, é difícil mesmo", afirmou Albertino Campagnoli.

Em uma loja de cosméticos no centro, até o momento, seis funcionários foram afastados, sendo que três deles em apenas um dia.

A vendedora Keite Fernanda Dias ficou vários dias em casa, mas garante que não vale a pena o tempo fora do trabalho. "Não é descanso porque a dor é muito grande então não compensa. E eu trabalho com vendas, quero ficar no ponto de vendas mesmo." 
 
Descanso é importante  
Segundo a médica infectologista Volia Carvalho de Almeida, o afastamento é necessário para que o corpo possa se restabelecer. "O repouso está relacionado ao descanso que o organismo tem para ficar no combate ao vírus", explicou. 

O tempo de descanso varia de acordo com a intensidade da doença. "A doença tem um espectro muito largo que vai desde assintomática a dengue hemorrágica. Tem pessoas que vão ter alterações no funcionamento do organismo que exige internação e outras que podem ficar em casa, embora sob vigilância de hemograma", afirmou.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook