Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Mutirão contra a dengue recolhe 24 toneladas de 'criadouros'

Mais de 300 pessoas trabalharam na manhã deste sábado (9) percorrendo as ruas de Araraquara

| ACidadeON/Araraquara

Mutirão contra a dengue nos bairros de Araraquara (Fotos: Fernanda Manécolo)
O segundo mutirão contra a dengue, realizado em Araraquara na região do Jardim América, Parque São Paulo e arredores recolheu 24 toneladas de materiais inservíveis. Caminhões e mais de 300 trabalhadores rodaram as ruas dos bairros recolhendo possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue e outras doenças, na manhã deste sábado (9). A quantidade recolhida foi maior que as 22 toneladas do primeiro mutirão.  

A secretária Clélia José Alves, moradora do Jardim América, diz que o mutirão é muito importante. "A Prefeitura está fazendo o papel dela, agora, cabe a população limpar os quintais. As pessoas estão muito desleixadas, deixando acumular muito lixo e o resultado é um monte de pessoas doentes", afirma.   

População ajuda separando os materiais e entregando para os agentes (Fotos: Fernanda Manécolo)
É GUERRA 
"Nós temos que derrotar a dengue. Araraquara vive uma situação de epidemia. Portanto, as pessoas correm risco de vida. Sem o apoio da população, é muito difícil, porque 80% dos criadouros estão dentro das residências. A Prefeitura não tem condições de colocar um fiscal em cada casa. O fiscal tem que ser cada morador de Araraquara", afirma o prefeito Edinho Silva, que mais uma vez acompanhou a ação.

Para o gerente de Controle de Vetores, Luís Eduardo Tagliacozzo, a avaliação do mutirão é positiva. "Em algumas áreas, nós tivemos uma colaboração maior, a população se mobilizou e colocou os materiais para fora. Em outros locais, a mobilização foi menor. Mas o balanço é positivo pelo volume retirado de materiais", avalia.

Devem ser retirados das residências todos os tipos de materiais que não têm mais serventia e podem acumular água, formando criadouros do mosquito, como bacias, pias, baldes, latas de tinta, vasos, latões e garrafas.

Em 2019, até a semana passada, 946 casos de dengue foram confirmados em Araraquara. Como comparação, o ano passado inteiro registrou 1.131 casos.  


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON