Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Paralelepípedos soltos e buracos nas vias do Centro geram reclamações

Secretaria de Obras e Serviços Públicos solicitou à empresa que trabalha nesta área a contratação de dois calceteiros para esta manutenção.

| ACidadeON/Araraquara

Paralelepípedos soltos e buracos nas vias geram reclamações (Foto: Paula Cardoso/CBN)
Os paralelepípedos dão um charme a mais às ruas da região central de Araraquara. No bulevar dos Oitis, um dos principais cartões postais do município, eles ganham destaque.  

Mas, apesar de fazer parte da história da cidade, a falta de manutenção e o grande volume de buracos nas vias vem gerando uma série de insatisfações.  

Reclamações como a do pedreiro José Teodoro da Silva, que passa pelo local todos os dias para ir trabalhar, são constantes. "Corre o risco de alguém cair, ou do carro cair em um buraco desses. É preciso ser arrumar isso", afirma.  


Para quem mora na Rua Padre Duarte, próximo ao Parque Infantil, os transtornos são ainda maiores. "Faz muito tempo que estamos passando por esse problema. É uma situação perigosa, não só para quem está de carro como para pedestres, para pessoas que estão na calçada, pois esses paralelepípedos estão se soltando e com isso eles estão sendo lançados. Na minha calçada tem alguns paralelepípedos. Já teve acidente aqui que danificou muito um veículo e, de dentro de casa, nós ouvimos o barulho dessas pedras voando nos portões", conta a empresária Ligia Malavolta dos Santos, 54 anos. 

A auxiliar odontológica Maria José de Andrade Lima, 55 anos, conta que esses buracos aumentam cada vez mais. "O problema é torcer o pé e se machucar ao atravessar a rua". 

Pior é para quem passa de moto, como a vendedora Rafaela Caballero de Azevedo, 31 anos. "Eu uso a moto para trabalhar e sinto muito medo, principalmente nos dias de chuva, pois você não consegue ver os buracos e as pedras estão soltas. É preciso arrumar urgentemente". 

De acordo com a prefeitura, a situação dos pavimentos de paralelepípedos, construídos há anos, foi agravada, ao longo do tempo, pela construção de prédios no entorno desses locais, impondo uma rotina de muitas cargas. 

Em nota, A Secretaria de Obras e Serviços Públicos informou que há uma grande dificuldade de mão-de-obra especializada para este tipo de serviço, mas que já solicitou à empresa que trabalha nesta área a contratação de dois calceteiros para esta manutenção.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook