Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Araraquara chega a 6.477 casos de dengue confirmados

Cidade já registrou cinco mortes em decorrência da doença e segue em epidemia

| ACidadeON/Araraquara

6.477 pessoas foram infectadas pela dengue em Araraquara, segundo atualização da Secretaria da Saúde (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)
Araraquara chega a 6.477 casos de dengue, segundo atualização feita na manhã desta segunda-feira (8) pela Secretaria de Saúde. Em uma semana foram 888 novos casos e 978 suspeitos foram descartados. O crescimento se deu porque houve uma força tarefa nos últimos dias para agilizar a contagem das fichas de pacientes suspeitos que aguardavam conclusão.  

Os números mostram que a cidade vive uma epidemia. Este ano, em média 60 pessoas são confirmadas doentes por dia e cinco mortes estão confirmadas em decorrência desta doença.
 
LEIA TAMBÉM:  Dengue se espalha e são mais de 6,5 mil doentes na região

As equipes de vetores da Vigilância Epidemiológica seguem fazendo uma série de ações para combater o mosquito Aedes, que transmite a dengue e outras doenças.  

No último sábado (6), no mutirão contra a dengue realizado nas regiões Sul e Sudeste da cidade, a Prefeitura recolheu 24,5 toneladas de materiais inservíveis.   

 
Também no sábado, cerca de 300 agentes e 20 caminhões percorreram ruas e avenidas das regiões do Jardim Dumont, Cruzeiro do Sul, Arco-Íris, Jardim Residencial Quinta dos Oitis, Distrito Industrial I, II, V e VII, Cecap, Iguatemi, Victório De Santi, Del Rey, Iedda e Hortênsias, entre outros. Eles recolheram latas, recipientes plásticos, garrafas, pneus, pias, sucatas e outros materiais que os moradores colocaram nas calçadas.  

A Prefeitura está fazendo uma série de mutirões nas manhãs de sábado, desde o dia 2 de fevereiro, e toneladas de material estão sendo recolhidos com o objetivo de diminuir a quantidade de possíveis criadouros e engajar a população na luta contra a dengue.  

Além disso, as ações de combate à dengue realizadas pelos agentes de vetores incluem fumacê, bloqueios casa a casa e nebulização, todos os dias.