Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Sem repasse de verbas, obras do PS do Melhado são paralisadas

De acordo com o prefeito, problema deve se resolver nas próximas semanas

| ACidadeON/Araraquara

Obra do PS está paralisada (Amanda Rocha - A Cidade ON)
Pelas janelas abertas é possível ver que salas foram divididas e um novo cômodo foi construído do lado de fora do antigo Pronto Socorro (PS) do Melhado, porém, não há maquinas ou pessoas trabalhando. Tudo está inerte, assim como a expectativa dos moradores.

"A gente, que é pai de família, precisa levar as crianças. Investe em uma obra e deixa ela parada, enquanto sobrecarregamos as UPAs", desabafa o frentista Fábio Rogério Bento, que mora na região do antigo PS.

Em nota, a prefeitura confirmou a paralisação da obra e ressaltou que o motivo seria a ausência de repasses por parte do governo federal.

Os motivos para o atraso seriam por conta das mudanças ocorridas no governo federal e nas alterações de procedimentos, explica o prefeito Edinho Silva (PT).

"Estou muito confiante que o problema se resolverá nas próximas semanas, pois, pela Lei de Responsabilidade Fiscal, nenhuma obra iniciada pode ser interrompida. Fui até Brasília e sai de lá acreditando muito na disposição do Governo. Espero que isso se resolva o mais rápido possível para que a gente não atrase muito a entrega do Pronto Socorro do Melhado", destaca Edinho.

Ao todo, o Ministério da Saúde havia liberado R$ 8 milhões para a reabertura da unidade, sendo R$ 4 milhões para reformas, adequações e construção dos leitos-dia; e outros R$ 4 milhões para a compra de equipamentos para o retorno do centro de diagnóstico, com exames de imagens e laboratório.

A reabertura do 'pronto-socorro' do Melhado, foi eleita pela população na plenária da cidade do Orçamento Participativo em 2017. além de uma das principais bandeiras de campanha do prefeito durante a última eleição municipal.
  
Mudança 
A ideia é que o prédio não receba mais o nome e nem terá função de Pronto-Socorro e passará a oferecer apoio às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Na prática, a unidade do Melhado será adequada para ser uma retaguarda ao sistema de saúde já existente na cidade, disponibilizando 20 leitos hospitalares. Também haverá uma estrutura de apoio e diagnóstico, com exames laboratoriais, ultrassom, tomografia, raio-x, endoscopia e colonoscopia.  

VEJA VÍDEO 

 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON