Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Área do Maria Luiza volta a ter criadouro do Aedes dez dias após limpeza

Equipe da Vigilância Epidemiológica voltou ao local nesta terça-feira (16)

| ACidadeON/Araraquara

Vigilância Epidemiológica estive no local
Copos plásticos, vasos sanitários e outros materiais que acumulam água, além de entulhos, colchões e lixo doméstico, foram encontrados, nesta terça-feira (16), na continuação da Avenida Orlando Schitini, entre o Jardim Maria Luiza e o condomínio Dahma. Toda essa sujeira foi encontrada apenas dez dias após limpeza feita no local. 

Uma equipe da Vigilância Epidemiológica estive no local e encontrou larvas do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.  

 "A área se tornou novamente um depósito de lixo. Tem desde lixo da construção civil, que nossos bolsões recebem, até lixo domiciliar. Muita gente do Maria Luiza e do Dahma está com dengue. São dezenas de criadouros com larvas do Aedes aegypti, em consequência da falta de conscientização de uma parcela da nossa população", afirma o prefeito Edinho Silva.
  
Segundo o último Boletim da Vigilância Epidemiológica, Araraquara tem 7.493 casos confirmados de dengue em 2019. O crescimento da semana passada para agora equivale ao número de fichas digitalizadas no mutirão que vem sendo realizado pelos agentes para agilizar as notificações. 



Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook