Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Estudantes da Unesp Araraquara se mobilizam contra o corte de verbas na educação

Previsão é que haja uma manifestação envolvendo outros estudantes e professores no período da tarde, na Praça Santa Cruz

| ACidadeON/Araraquara

Estudantes da Unesp protestam contra o corte de verbas na educação (Foto: Milton Filho/CBN Araraquara)
Estudantes da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara estão organizados em um ato, em frente a Faculdade de Letras, no Campus Ville. O protesto dos estudantes faz parte de uma mobilização nacional pela educação, que ocorre nesta quarta-feira (15), em vários pontos do País. Em Araraquara estudantes dos três faculdades - Letras, Quimíca e Odontologia - participam da ação.

"Os estudantes estão aqui para dar a palavra contra o desmonte da universidade pública. Contra o corte de verbas que está havendo na educação. Não podemos aceitar sucateamento do ensino público", diz a estudante Ana Carolina Rodrigues, uma das líderes do movimento.  

O principal objetivo dos estudantes é conseguir uma união entre todas as instituições de ensino - federais, estaduais e de educação básica - contra o contingenciamento de verbas anunciados e contra a política defendida pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL), de desvalorização do ensino público. "Percebemos que tanto o governo federal quanto o estadual estão colocando em prática uma estratégia de sucateamento do ensino público, visando à privatização da educação. O movimento estudantil se posiciona contrário a essas medidas", reforça Ana Carolina.  
 
 
O diretor da Faculdade de Farmácia, professor Luís Vitor Sacramento, reforça a importância do movimento. "Os estudantes estão fazendo este movimento em defesa da universidade pública, em defesa da educação básica e média. O corte de verbas significa menos pesquisa, menos ensino e menos progresso para o País". 

Sacramento destaca que a luta é dos estudantes, mas também dos professores e funcionários. "Redução no desenvolvimento de pesquisa, tecnologia e inovação é muito ruim. Pesquisa é cara, exige investimentos, mas oferece inúmeros retornos para a sociedade", reforça Sacramento.  

A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FCL) de Araraquara tem 4.702 alunos, segundo a própria instituição. São cinco cursos de graduação e seis de pós-graduação. Nem os estudantes e nem a Polícia Militar estimaram o número de pessoas. A reportagem da CBN Araraquara e do ACidadeON contou cerca de 200 alunos. Isso representaria cerca de 5% dos estudantes matriculados somente neste campus da Unesp. 

No período da tarde está marcada uma mobilização geral, a partir das 16h, na Praça Santa Cruz. A previsão é que participe além de estudantes da Unesp e também do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IFSP), além de professores da rede estadual e servidores públicos municipais.  

Os alunos da Unesp seguem nesta manhã para uma roda de conversa, almoço coletivo e depois irão para o Centro de Araraquara.
 



Mais do ACidade ON