Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Araraquara terá 48 novos pontos de fiscalização por radares móveis

"Não é a indústria da multa, mas sim dos infratores", diz Coordenador de Trânsito Nilson Carneiro

| ACidadeON/Araraquara

Intensão é diminuir o excesso de velocidade (Foto: Amanda Rocha/ ACidadeON)
 
Os três radares móveis que antes fiscalizavam 20 pontos de Araraquara, agora, passam a fazer a fiscalização de 68 vias; são 48 novos pontos. A intenção é fazer com que os motoristas respeitem os limites de velocidade de cada trecho, assim, evitando acidentes.

Já estão nesta lista, a Avenida Manoel de Abreu, entre Araraquara e Américo Brasiliense; Avenida Bento de Abreu, na Fonte Luminosa; e Avenida Maurício Galli, no Jardim Aclimação.  

Além dos radares móveis, Araraquara conta ainda com os fixos. Nos dois sentidos da Avenida Maria Antônia Camargo de Oliveira, a Via Expressa; na Alameda Paulista, no Jardim Brasília, nos dois sentidos e na entrada e saída de Araraquara, pela Avenida Manoel de Abreu, na altura do pontilhão engenheiro Camilo Dinucci.  

Para o Coordenador de Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro, a intensificação na fiscalização não cria uma indústria da multa.  "Estamos alternando os locais dos radares moveis, mas não é uma indústria da multa e sim dos infratores", diz ele.  

Arrecadação
Para este ano, o Fundo Municipal de Multas prevê uma arrecadação no entorno de R$ 15 milhões, 25% a mais do que no ano passado, quando foram arrecadados mais de R$ 12 milhões.  

Como este recurso não pode ser utilizado para o pagamento de mão de obra, é revertido em sinalização de trânsito, novos semáforos e manutenção das atividades da coordenadoria. "O dinheiro nos permite fazer sinalização vertical, horizontal, placas e televisão. também pagamos o processamento de multas, aluguel dos radares, equipe de vigilância dos radares, agentes de transito", explica Nilson Carneiro.  

Dos R$ 15 milhões arrecadados, R$ 3,7 milhões serão destinados para gestão de multas e R$ 6 milhões para manutenção da sinalização e semáforos. O restante fica dividido entre gastos com equipe dos radares, gasto com uniformes dos agentes, veículos e educação para o trânsito.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON