Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Em seis meses, apenas 28 motoristas de aplicativos se cadastraram na Prefeitura

Cadastro é obrigatório e taxa anual é de R$100 para cada motorista, mas a adesão é baixa

| ACidadeON/Araraquara

Poucos motoristas realizaram o cadastro na Prefeitura (Foto: Divulgação)
Está na lei: todo motorista de aplicativo deve se cadastrar junto à Prefeitura de Araraquara para obter a licença de circulação e pagar o Imposto Sobre Serviços (ISS). Aprovado no ano passado, o cadastro passou a valer em março deste ano, porém, desde então apenas 28 dos mais de 500 motoristas de aplicativos buscaram se regularizar.  

"Esses motoristas estão trabalhando sem nenhum tipo cadastro, o que é ruim, pois não conseguimos realizar a fiscalização. Além disso, o cadastro leva segurança para o próprio motorista, por meio do INSS. Se ele sofre um acidente e vem a óbito, como fica a família? Fica sem um suporte, pois não realizou esse recolhimento. Ou ainda, o motorista pode sofrer um acidente ficar afastado sem receber, pois não tem o INSS", explica o coordenador de Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro.  

Ainda de acordo com Carneiro, a Prefeitura solicitou aos aplicativos o nome dos motoristas e os veículos que estão sendo cadastrados em suas plataformas, mas ainda não obteve retorno. "A taxa paga é anual e é baixa, pouco mais de R$ 100. Esse é o valor pago por todos que trabalham dirigindo veículos, como taxistas e de transporte escolar", destaca.  

Queda
Para o coordenador, os aplicativos devem gerar problemas ao transporte público, já que vem perdendo usuários. "Em algumas cidades há registro de queda na ordem dos 10%. O problema é que quando você faz o cálculo da tarifa, você usa o número de passageiros transportados para ratear o valor daquele sistema de transporte, como combustível, salários dos trabalhadores, o investimento de capital, entre outros. Quando cai o número de passageiros, ou você subsidia ou você aumenta a tarifa", afirma.  

O coordenador de Mobilidade Urbana diz ainda que para não perder seus passageiros, o transporte público vem recebendo melhorias, como a criação do aplicativo, que permite ao usuário verificar o horário que o ônibus estará no ponto, e ainda a realização da pesquisa sobre origem e destino, que irá reorganizar as linhas da cidade.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook