Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Trânsito de Araraquara ganhará mais 40 lombofaixas até 2020

Estes equipamentos são instalados em frente a lugares de muito movimento para dar mais segurança ao pedestre

| ACidadeON/Araraquara

Lombofaixas dão mais segurança aos pedestres (Foto: Prefeitura de Araraquara)
 
Araraquara deve ganhar mais 40 lombofaixas até o ano que vem. A informação é de Nilson Carneiro, coordenador de Mobilidade Urbana. Atualmente a cidade tem 40 equipamentos como este, que tem o objetivo de dar mais segurança aos pedestres.  

Esta semana, o grupo teatral Anjos do Trânsito está realizando uma série de ações pela cidade para conscientizar os motoristas sobre a importância do respeito à lombofaixa, ou seja, é necessário parar quando o pedestre estiver atravessando.  

Carneiro explica que as lombofaixa existem nas nas vias ou locais de maior concentração de pessoas em Araraquara. "A lombofaixa funcionada como um prolongamento da calçada priorizando o pedestre que atravessa na mesma altura da própria calçada", afirmou, acrescentando que a meta é reduzir cada vez mais o número de acidentes e de óbitos no trânsito da cidade.  

"Desde 2017, estamos conseguindo reduzir o número de acidentes no trânsito, além de aumentar a segurança do pedestre, incluindo gestantes, mães carregando o bebê no carrinho, ou cadeirantes e outras pessoas com deficiência", acrescenta.  

Questão de educação
Ainda segundo Nilson, atualmente, a lombofaixa é utilizada com êxito em vários países. Mas no Brasil, mesmo sendo obrigado por lei, o motorista não costuma parar quando o pedestre está atravessando esse equipamento. "Embora o Código de Trânsito Brasileiro exista há 25 anos, ainda não existe a cultura de respeito ao pedestre".  

Ainda segundo o coordenador de Mobilidade Urbana, em Araraquara já foram investidos em lombofaixas cerca de R$ 600 mil. Incluindo lombadas e guias rebaixadas para deficientes, o investimento ultrapassa R$ 1,2 milhão, com recursos do Fundo Municipal de Trânsito.  

Prioridades
Os equipamentos estão instalados em frente a locais de maior demanda populacional na cidade, como em frente a CERs (Centro de Educação e Recreação), escolas municipais e estaduais, além do Sesi, Sesc e Senac. "No total, já foram instaladas 40 lombofaixas e a expectativa é dobrar esse número para 80, até o final de 2020".  

Nilson Carneiro também explicou que atualmente a prioridade no mundo é a mobilidade urbana, com sistemas de transporte público de metrô e VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e principalmente para o caminhar a pé.  

"Ao contrário de quando surgiu a indústria automobilística no Brasil, nos anos de 1950 do século passado, em que se privilegiava o carro, a atenção agora no mundo é o pedestre, já responsável por 27% das viagens a pé", reitera.
Vale destacar que o motorista não pode parar sobre a lombofaixa. Há o risco de ser autuado com uma infração grave, cuja multa, atualmente, é de quase R$ 300 reais.  

Por isso é muito importante que se respeite a travessia do pedestre, conforme insistiu o coordenador, aos destacar que o grupo de teatro Anjos do Trânsito orienta o motorista com um trabalho educativo.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON