Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Área abandonada gera reclamações no Jardim Imperador

A área abrigada uma empresa de produtos químicos fechada há anos; vizinhos relatam preocupação

| ACidadeON/Araraquara

Moradores do Imperador reclamam de área abandonada (Milton Filho/CBN Araraquara)
 
Uma área na Rua Marechal Arthur da Costa e Silva, no Jardim Imperador, em Araraquara segue sendo um problema para os  vizinhos. No local onde funcionava uma indústria de produtos químicos, há uma casa, um barracão e uma área externa, que estão abandonados. Do lado de fora, o mato da calçada foi cortado, porém, o problema ainda gera preocupação.   

Em março deste ano, a Vigilância Epidemiológica vistoriou o imóvel que estava com vários criadouros do mosquito da dengue. Na época, a Prefeitura dizia que ia tentar tomar o imóvel baseado na lei de abandono, isso porque, de acordo com a Prefeitura, diversas multas foram expedidas desde 2011, mas sem um resultado efetivo.  

A área tem aproximadamente 40 metros de extensão e gera muito incomodo. A aposentada Zoraide Dias Bonifácio Mora perto ao imóvel há 40 anos. "Já veio umas pessoas aí e cortaram o mato. Parou por aí. O problema está lá dentro", afirma.  
 
Produtos químicos são encontrados dentro de casa abandonada no Imperador (Fotos: Arquivo/Amanda Rocha)

O mato da calçada foi cortado recentemente. E os moradores se revezam para manter a limpeza. "Cada um cuida um pouco do lado de fora, mas lá dentro permanece o mato e a sujeira", diz a promotora de eventos Dorothea Coutinho Pereira, que mora na região há mais de 15 anos.  

Outra preocupação são os produtos químicos, que ficaram desde a época que empresa funcionava ali. "Ratazana, aranha, até cobra já teve e fora os produtos químicos que tem aí desde a época que a empresa química funcionava", acrescenta Dorothea.  

Em março deste ano, a Vigilância Epidemiológica vistoriou o imóvel durante uma ação de combate à dengue. Na época, produtos químicos foram encontrados nocivos à saúde. De acordo com a Prefeitura, desde 2011 diversas multas foram expedidas por descumprimento ao código de posturas do município.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso. Para mais informações, consulte nosso TERMO DE USO"

Facebook

Mais do ACidade ON