Aguarde...

cotidiano

"Somos os médicos especialistas em pessoas", diz médico da família

O médico Phelipe Calixto fala um pouco sobre medicina em família e comunidade; em Araraquara cerca de 100 mil pessoas tem este tipo de atendimento

| ACidadeON/Araraquara

Doutor Phelipe Calixto fala sobre o médico de família (Foto: ACidadeON)
 
Ele entra na Unidade Básica de Saúde (UBS) logo cedo e fica até o final da tarde. Atende vários pacientes por dia, desde crianças até idosos e conhece cada um pelo nome. Sabe as causas de muitas enfermidades e trabalha com medicina preventiva.Este é o médico de família e comunidade, ou como diz o doutor Phelipe Calixto, é o médico especialista em pessoas.  

Segundo Calixto, em Araraquara cerca de 100 mil pessoas são atendidas por um médico de família e hoje são 31 equipes de saúde da família, formadas por diversos profissionais, que buscam conhecer cada pessoa. "As pessoas querem ser ouvidas, querem falar de seus problemas e é isso que um médico de família faz. Mergulhamos na realidade de cada indivíduo ao longo da vida", reforça.  

Os resultados da intervenção de um médico de família em uma comunidade são visíveis, em geral, no prazo de 18 meses, mas em menos tempo, é possível ter noção da importância deste profissional. Em um mês trabalhando no bairro do Maria Luiza, por exemplo, Phelipe conta que a equipe de médicos atendeu 800 pacientes e em 93% dos casos, estas pessoas não precisaram de encaminhamento para qualquer especialidade.   

"O médico de família ajuda na redução de internações, de casos de AVC [Acidente Vascular Cerebral], de mortalidade infantil, de agravos de pré-natal. Somos médicos especialistas em prevenção", diz ele.

Nesta sexta-feira (06), Phelipe Calixto este no estúdio da CBN para uma entrevista, ouça na íntegra.   




Mais do ACidade ON