Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Estudantes desenvolvem impressora 3D com equipamentos recicladas

Alunos da ETEC de Matão criam máquina com materiais usados é 77% mais barata do que as vendidas no mercado

| ACidadeON/Araraquara

Impressora com sucata é criada por alunos de Matão (Foto: Reprodução/EPTV)
 
Estudantes da Escola Técnica Estadual (Etec) Sylvio de Mattos Carvalho, em Matão criaram uma impressora 3D com equipamentos e peças recicladas como projeto de conclusão de curso. O produto final é 77% mais barato do que os disponíveis no mercado.

Durante um ano, os alunos do último módulo do curso técnico de mecatrônica e do terceiro ano do curso de mecatrônica integrado ao ensino médio se reuniram fora do horário de aula para juntar as peças recicladas de impressoras, madeiras e metais com os itens comprados pela internet. 

O trabalho deu resultados, segundo o coordenador do curso de mecatrônica Ariovaldo Sano, porque além de economizar com o aparelho, que custou em torno de R$ 700 em vez de R$ 3 mil, a escola também diminuiu os gastos com compra de peças.

"A matéria-prima é o plástico e não é caro, se a gente comparar ao valor da compra de uma peça nova, porque dá para confeccionar várias peças no tamanho 20x20", explica Sano. 

O grupo se formou no ano passado, mas decidiu deixar a máquina para que outros estudantes criem materiais pedagógicos, como objetos para aulas de geometria, réplicas de órgãos do corpo humano para o ensino de biologia e protótipos para os cursos de enfermagem, mecatrônica e mecânica.

Mais do ACidade ON