Aguarde...

cotidiano

Você viu ovnis no céu de Araraquara? ACidadeON explica!

Objetos vistos são satélites da Space X, do bilionário Elon Musk e fazem parte do projeto Starlink, que pretende criar uma rede de fácil acesso à internet e de alcance mundial

| ACidadeON/Araraquara

São satélites da Space X, do bilionário Elon Musk podem ser vistos a olho nu (Foto: Reprodução)
 
Moradores de Araraquara relatam aparecimento de luzes no céu. O fato presenciado na última terça-feira (3) tem explicação: são satélites da Rede Starlink, projeto que pretende criar uma rede de acesso à internet de alcance mundial.  

Nas redes sociais a costureira, Alessandra Fonseca, publicou a seguinte frase: "alguém viu algo diferente no céu?". Em pouco tempo foram mais de 50 comentários de pessoas que relataram também teriam presenciado essa sequência de luzes.    

Ovinis movimentaram as redes sociais (Foto: Redprodução)


Alessandra contou que tem o costume de olhar as estrelas e confessou que ficou receosa com as luzes que viu.  

"Estava olhando o céu junto com o meu filho, admirando as estrelas, quando vimos um movimento diferente e ficamos intrigados. Aí postamos na internet e acabamos descobrindo o fenômeno", afirma ela.    

Ovinis movimentaram as redes sociais (Foto: Reprodução)


O fato tem explicação. São satélites da Space X, do bilionário Elon Musk e fazem parte do projeto Starlink, que pretende criar uma rede de fácil acesso à internet e de alcance mundial.  

Os satélites podem ser vistos do céu a olho nu. O professor do Departamento De Física Da Ufscar, Adilson De Oliveira, ressalta que é necessário questionar também se essa quantidade de satélites no céu podem dificuldade na observação astronômica e meteorológica.  

"O Starlink é um projeto de uma empresa privada que tem a ideia de fazer uma constelação de satélites no céu para facilitar o acesso à internet".  

Entretanto, o professor ressalta que o experimento provocou protestos das comunidades cientificas. "Os satélites são muito brilhantes e estão atrapalhando questões astronômicas. Além disso, são 20 mil satélites, que um dia vão parar de funcionar e irão se transformar em um lixo espacial", diz ele.

Entenda
Já são 240 satélites da rede Starlink pairando ao redor da Terra. Em janeiro, o bilionário Elon Musk, lançou a quarta frota do projeto e são estes satélites que podem ser vistos da Terra, mesmo a olho nu. Os 60 novos satélites alcançaram, com sucesso, uma órbita de cerca de 440 quilômetros de altitude. Eles poderão ser vistos porque estão bem juntos e em órbita relativamente baixa.  

Parece brincadeira, mas você precisa encontrar uma espécie de "trenzinho" luminoso, como se fossem estrelas se movimentando. O que enxergamos, na verdade, é a luz do Sol refletida na carcaça de metal dos satélites - eles não emitem luz própria.

Para que a gente consiga enxergar os satélites, alguns fatores devem acontecer ao mesmo tempo:  

- Céu escuro: deve ser noite no local da observação, longe de luzes, sem nuvens ou poluição;
- Altura do Sol: o disco solar deve estar entre 10 e 25 graus abaixo da linha do horizonte, para que haja luminosidade;
- Ângulo de elevação: o satélite deve estar pelo menos 25 graus acima do horizonte, para que reflita a luz solar;
- Satélite iluminado: os raios de Sol devem estar atingindo diretamente o satélite.

Mais do ACidade ON