Aguarde...

cotidiano

Área Azul volta a ser cobrada na região central de Araraquara

A gratuidade continuará valendo para compras por drive-thru

| ACidadeON/Araraquara

Gratuidade irá valer apenas para quem comprar pelo drive thru (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)
A cobrança de Área Azul para veículos estacionados nas ruas Nove de Julho (Rua 2) e na Rua São Bento (Rua 3) será retomada a partir desta segunda-feira (08), estando isentos desta cobrança somente os veículos que estiverem parados para compras pelo sistema de drive-thru.

Desde o último dia 26 de maio, quando o sistema foi implantado para minimizar os prejuízos decorrentes da pandemia de Covid -19 no comércio, a cobrança foi suspensa nos trechos que receberam a faixa exclusiva de drive-thru. No entanto, com o retorno do atendimento presencial nas lojas, muitos motoristas estavam estacionando seus veículos nestas faixas, aproveitando a gratuidade e prejudicando o serviço de drive.

Dessa forma, para manter a rotatividade dos veículos nesses corredores comerciais, a partir de segunda, voltará a pagar Área Azul quem estacionar na Rua 3, nos trechos compreendidos entre as avenidas Barroso e Brasil, e na Rua 2, entre as avenidas Sete de Setembro e Barroso, incluindo o Boulevard, entre Portugal e Bonifácio. Só não será cobrado estacionamento do consumidor que estiver fazendo compras no sistema drive-thru, durante o tempo de pagamento e retirada do produto.

Segundo o coordenador municipal de Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro, essa medida visa facilitar o uso do estacionamento para os consumidores. "A gratuidade valerá somente no período em que o consumidor solicitar o produto na loja enquanto aguarda no carro. Quem estacionar para fazer compras presenciais volta a pagar Área Azul, como sempre foi feito", reitera Nilson.

ÔNIBUS 
Os ônibus do transporte público estão com itinerários alterados na região central, circulando na Rua Padre Duarte, da Avenida São Paulo até a Avenida José Bonifácio, das 9h30 às 16h. Eles circulam normalmente nas Ruas 2 e 3, entre às 5h e 9h30, e 16h e 23h30.

Também vale destacar que essa medida tomada pela Prefeitura, em comum acordo com representantes das entidades comerciais, é uma forma de incentivar as vendas do comércio e reduzir os impactos econômicos da crise causada pela pandemia.


Mais do ACidade ON