Aguarde...

cotidiano

Araraquara tem 132 queimadas urbanas durante o mês de julho

Levantamento feito pelo DAAE aponta que durante todo o ano de 2020 foram contabilizados 549 registros

| ACidadeON/Araraquara

Queimada entre o Jardim Del Rey e o Victório De Santi, na região Sul da cidade (Foto: Walter Strozzi/ACidade ON)
Levantamento feito pelo Departamento Autônomo de Água e Esgotos (DAAE) aponta que somente no mês de julho a cidade de Araraquara contabiliza 132 queimadas urbanas. Com isso, durante todo o ano de 2020, são 549 registros no município. 

O aumento na ocorrência de incêndios criminosos preocupa as autoridades públicas e ascende o alerta. É que a prática causa diferentes transtornos, como aumento no número de acidentes de trânsito pela baixa visibilidade aos condutores, danos na rede elétrica e até mesmo agrava problemas de saúde, em especial os respiratórios, podendo contribuir para colapsar o sistema público de saúde em meio ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. 

"Essa doença [covid-19] ataca principalmente o sistema respiratório e a poluição gerada nas queimadas também prejudica bastante este cenário dessas doenças", alerta Luiz Dell'acqua, coordenador da Defesa Civil de Araraquara. 

Ainda em relação aos números, quando feita a comparação com o mesmo período do ano passado, há um aumento significativo no mês a mês (veja tabela abaixo). Em julho de 2019, por exemplo, foram 99 ocorrências. Já o recorde de queimadas em 2020 é do mês de maio, quando foram 155 focos.


VEJA COMPARAÇÃO ENTRE OS PERÍODOS DE JANEIRO A JULHO DE 2019 E 2020:

ANOJANEIROFEVEREIROMARÇOABRILMAIOJUNHOJULHO
201911130630489299
202013135581155100132*

* NÚMEROS DO DAAE CONTABILIZADOS ATÉ 27/07 


CRIME E MULTA
Apesar do aumento na incidência de queimadas no município, o número de multas aplicadas permanece o mesmo, sendo 63. Mas, segundo o DAAE, há um prazo para tramitação antes da emissão da infração e por isso, esse número pode ser maior. 

As penalidades administrativas são notificação e auto de infração com penalidade de multa que varia de R$ 576,80 a R$ 288,4 mil de acordo com a área queimada. 

Queimadas agravam problemas de saúde, em especial os respiratórios (Foto: Amanda Rocha)

COMO DENUNCIAR? 
A melhor maneira de se combater o fogo é denunciando. Queimadas urbanas devem ser avisadas para o DAAE através do 0800 770 1595 (24 horas).  

Para queimadas em áreas rurais, a denúncia deve ser feita no site da Cetesb; pelo Disque Ambiente, através do 0800 113 560; ou pela Polícia Militar Ambiental no telefone (16) 3335 7980 ou 3303 7950. 

Agora, para apagar o fogo é preciso ligar nos Bombeiros, 193 ou na Defesa Civil, 199.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON