Aguarde...

cotidiano

Separados pelo coronavírus, araraquarense conhece a filha após três meses

Pai e filha estavam separados por causa da pandemia do coronavírus; Sofia chegou em Araraquara nesta semana e Felipe Caires relata a emoção

| ACidadeON/Araraquara

Depois de três meses Felipe Novo Caires conheceu a filha Sofia (Foto: Arquivo Pessoal)
 
Pura emoção, um sonho realizado. É assim que o técnico de informática Felipe Novo Caires, de 29 anos define a última quarta-feira (09), dia que conheceu pessoalmente sua filhinha Sofia, de apenas três meses. Isso porque a menina nasceu durante a quarentena do novo coronavírus no Piaui e desde então, pai e filha só se viam pela tela do celular. 

"Ver pessoalmente, sentir o cheirinho é delícia", relata Caires.  
 
LEIA MAIS: Coronavírus impede araraquarense de conhecer filha recém-nascida

Nem Caires nem sua namorada Gardenha da Silva da Rosa imaginavam o que estava por vir, quando ela ainda grávida foi para o Piaui fazer pré-natal. A família de Gardenha é de lá e seu plano de saúde também, por isso, a viagem. O que ninguém esperava é que no meio do caminho tivesse a pandemia do novo coronavírus, que estabeleceu quarentena em todo o País e fechou os aeroportos. 

"Elas ficaram sem ter como voltar, o parto foi lá e eu não pude acompanhar. Fiquei apreensivo e ansioso", conta o pai. 

Sofia nasceu dia 5 de junho e desde então, Caires tem falado com a namorada e a filha apenas por telefone, chamadas de vídeo. Mas nessa semana, as duas embarcaram de volta para Araraquara e o reencontro aconteceu ainda no aeroporto, na última quarta-feira. 

"Agora estamos todos juntos. É muita felicidade", finaliza.


Mais do ACidade ON