Aguarde...

cotidiano

Atendimento especializado é o mais afetado com a falta de profissional

Determinação judicial obrigou a Prefeitura afastar 268 profissionais do grupo de risco para Covid-19; Saúde pede paciência para usuários

| ACidadeON/Araraquara

Falta de profissionais da saúde já é realidade em Araraquara (Foto: Código 19)
 
Os setores de atendimento especializado de saúde são os mais afetados pela falta de profissionais em Araraquara. Por determinação da Justiça, a Secretaria Municipal da Saúde foi obrigada a afastar os profissionais com mais 60 anos e com comorbidades do atendimento ao público, isso porque eles fazem parte do grupo de risco para a covid-19. Até o momento 268 pessoas foram afastadas.

Segundo a secretária da Saúde, Eliana Honain, mesmo que a pasta esteja se empenhando em uma força tarefa para contratações emergenciais, os atendimentos estão comprometidos e já existe demanda reprimida.  

Outra dificuldade, segundo Honain, é que além dos trâmites dessas contratações de emergência, serem lentos, não existem médicos disponíveis no mercado, nesse momento de pandemia.  

"Por conta da pandemia temos uma grande procura e demanda, por isso, estamos vendo o mecânico mais rápido para repor estes profissionais para o programa saúde da família e também profissionais de especialidades. Nosso intuito é correr contra o tempo para não colocar ninguém em risco", diz ela.  

A grande preocupação da secretaria da saúde, segundo Honain, é a falta desses profissionais nas unidades de saúde dos bairros.  

"Você sem o atendimento nas unidades de saúde, as pessoas vão para as Upas e isso compromete todo o esquema. O que pedimos é paciência para que normalizamos essa situação. O processo seletivo leva um tempo, mas estamos correndo atrás disso", reforça.

Mais do ACidade ON