Aguarde...

cotidiano

Ribeirão quer proibir atuação de motoristas de aplicativo araraquarenses

Com lokdown em Araraquara, muitos trabalhadores migraram para Ribeirão. A medida seria uma forma de evitar a proliferação do coronavírus entre as duas cidades

| ACidadeON/Araraquara

Motoristas de aplicativos migram para Ribeirão durante lockdown (Foto: Pixabay)
 
A empresa de Trânsito e Transporte Urbano de Ribeirão Preto (Transerp) enviou ofício, às plataformas que operam os aplicativos de transporte, para que os motoristas de aplicativos de Araraquara sejam proibidos de atuar na cidade. 

O documento foi entregue na última segunda-feira (22), a pedido do prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB). Segundo o chefe do executivo municipal, essa é uma questão sanitária de Araraquara, que decretou lockdown como forma de tentar frear a contaminação pela doença. 

Ribeirão Preto fica a 90 quilômetros de Araraquara é é comum a migração destes trabalhadores. 

"Nós notamos que alguns motoristas de aplicativo, que perderam atividades de trabalho em Araraquara, começaram a migrar para outras cidades, para trabalhar e não perder renda. Isso nós não iremos permitir. A Transerp oficiou formalmente os operadores de aplicativos para evitar esse tipo de atividade, com as consequências que as leis sanitárias podem impor, de penalidades para essas plataformas e que elas não deixem o sistema de quem mora em Araraquara operar em qualquer outra cidade, que não seja Araraquara, nesse momento de recrudescimento da doença. É uma questão sanitária regional", afirma.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON