Aguarde...

cotidiano

Corpo de Bombeiro receberá investimento de quase R$ 186 mil

Dinheiro é proveniente de TAC entre Ministério Público do Trabalho de Araraquara e uma usina de Nova Europa

| ACidadeON/Araraquara


Bombeiros terão mais autonomia para recarregar cilindros de ar e atuar nas ocorrências (Foto: Amanda Rocha)

O Corpo de Bombeiros de Araraquara vai receber investimento na ordem de R$ 185.900,00, resultado de destinação social de indenizações pagas na Justiça do Trabalho.  

A medida atende a um pedido do Ministério Público do Trabalho da cidade e é resultado de um termo de ajuste de conduta (TAC) firmado pelo procurador Rafael de Araújo Gomes com a usina de açúcar e álcool de Nova Europa. 

O dinheiro tem o objetivo de reparar danos causados por um acidente de trabalho ocorrido em 2018. Na época, o MPT entrou com ação civil pública contra a usina e o acordo nos autos permite que o dinheiro pago seja revertido em benefícios para a comunidade. 

O dinheiro já tem destino certo, de acordo com o MPT. Será utilizado para compra de um equipamento de transporte de oxigênio, que permite recarregar os cilindros durante uma ocorrência de incêndio, por exemplo.  

De acordo com o capitão Fernando Roberto, comandante do Corpo de Bombeiros de Araraquara, esse equipamento dará mais autonomia nas ações.  

"Na nossa atividade de combate ao incêndio temos que usar equipamento de proteção respiratória, é um cilindro de ar que fica nas nossas costas com ar respirável e e essa cascata nos permite encher esse cilindro na própria ocorrência. Então como tá sobre uma carreta, levamos nos incêndios maiores e nos permite reabastecer de ar esse cilindro sem precisar retornar ao quartel. Assim, ficamos com mais autonomia nas ocorrências, seja em incêndio, salvamento , onde temos atmosfera perigosa, e de mergulho também, abastacendo o cilindro no local sem ficar limitado", enfatiza. 

Além do Corpo de Bombeiros de Araraquara, também receberão investimentos o Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo, com R$ 9.159,00, e a Apae, do município de Tabatinga, com R$ 53.421,00.  

Nessas instituições, o dinheiro será usado para a ampliação do atendimento. 

A previsão que o equipamento de oxigênio seja entregue em 90 dias para as equipes do Corpo de Bombeiro de Araraquara. As instituições beneficiadas devem protocolar nos autos a prestação de contas relativas aos valores destinados.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON