Aguarde...

cotidiano

Dia Nacional do braile frisa inclusão dos deficientes visuais na educação

Mesmo com os leitores de tela e conversores de texto em áudio, braile é principal forma de comunicação para deficientes visuais

| ACidadeON/Araraquara

 

O braile é a linguagem dos pontinhos e uma das principais formas de comunicação para as pessoas com deficiência visual (Foto: Reprodução)

 

O dia nacional do Braile é comemorado nesta quinta-feira( 8). O braile aquela linguagem com pontinhos - é uma das principais formas de comunicação para as pessoas com algum tipo de deficiência visual. 

A data de hoje tem o objetivo de conscientizar sobre a importância da inclusão dos deficientes visuais no sistema educacional, mesmo com os avanços tecnológicos.
A data é uma homenagem a José Alvares de Azevedo, primeiro professor cego do Brasil. 

Mesmo com as novas tecnologias, como os leitores de tela e conversores de texto em áudio, o braille ainda mantém um papel essencial para a alfabetização dos deficientes visuais. 

O administrador da instituição Santa Luzia de Araraquara, José Carlos explica como a ferramenta é importante para a inclusão social. 

"Hoje temos duas instituição que ensinam o braile a Associação para Apoio e Integração do deficiente Visual (Para-DV), e temos no IEBA uma sala especial para o ensino do braile que acompanha todo o pessoal que estuda na rede estadual pública", diz. 

Em Araraquara, há cerca de 100 deficientes visuais nas instituições da cidade, porém este número pode ser ainda maior, já que muitos cegos não se manifestam e com isso acabam se isolando. 

"Calculamos umas 100 pessoas, muitos não se expõem e não aceitam. Primeiro você precisa se aceitar, não adianta ter revolta porque a situação continua a mesma. Então é melhor passar por ela com aceitação ", expõe. 

Para auxiliar os deficientes e ajudar nos primeiros passos do ensino, Araraquara conta com aulas do sistema braille em duas instituições. Mas há outras 20 entidades que atuam no acolhimento e na inclusão deste grupo de pessoas. 

"O braile é a porta de entrada para aprender outras formas de alfabetização, como a informática, tem que ter o braile permite montar as letras, fazer as sílaba e formar as palavras. Depois que tem a informática aí ele usa o braile para encontrar um remédio etc " 

Se você conhece alguém ou tem um deficiente visual na sua família, pode procurar ajuda para inclusão na instituição Para DV ou até mesmo no Instituto para cego Santa Luzia. 





Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON