Publicidade

cotidiano

Tradição e fé: família cuida de capela em Araraquara há 50 anos

Capela Nossa Senhora Aparecida na Vila Xavier tem mais de 100 anos e é frequentada por moradores locais e até cidades vizinhas

| ACidadeON/Araraquara -

Dona Fátima e a Capela Nossa Senhora Aparecida tem ligação de uma vida (Foto; Amanda Rocha)

A vida de Maria de Fátima Fernandes, de 65 anos, está ligada a da Capela de Nossa Senhora Aparecida. A capelinha modesta e charmosa fica na Vila Xavier, na Rua João Batista de Oliveira com a Rua São Pedro.

Desde pequena, dona Fátima acompanhava seu pai nos cuidados com a capela, e foi ele que ergueu junto a colegas o pequeno oratório no lugar que hoje está. Há 50 anos, a capela era bem menor e ficava no canto da praça. 


"Desde pequena vinha ajudar a cuidar da capela, faz 25 anos que meu pai faleceu e eu continuo cuidando, sempre morei aqui do lado. Para mim a capela é uma parte da minha casa, da minha família, tudo", comentou.

Segundo dona Fátima, a capela começou com uma benção que uma senhora recebeu, há 100 anos atrás. Ela foi fundada em 1917 mas a estrutura que vemos é mais recente, da última restauração em 2007.

"A capela tem 100 anos já, uma senhorinha recebeu uma benção e doou o terreno, ela tinha problemas de vista, fez a promessa e recebeu a benção. Era uma capelinha pequenininha, ficava no cantinho aqui. Depois a colocaram mais pra cá, meu pai construiu com outras pessoas, Todos que a construíram já faleceram", relembrou. 

VEJA VÍDEO 



GUARDIÃ DE FÉ
Fátima é vizinha da Capela e abre o local religiosamente às 6 horas e fecha às 19 horas, de domingo a domingo.
Às vezes os horários mudam, dependendo se for dia de missa ou dos pedidos de frequentadores. O espaço é pequeno e cabem em torno de 20 pessoas nos poucos bancos do espaço. Em época de pandemia, a missa é celebrada na praça da capela, ao ar livre. 

"Quando tem terço as pessoas vem me avisar e deixo aberta até mais tarde, e todo dia 12 do mês um padre vem rezar a missa aqui. Cabem uma 20 pessoas, mas se reza a missa na praça devido a pandemia", comentou.  

Capela Nossa Senhora Aparecida tem mais de 100 anos e fica na Vila Xavier (Foto: Amanda Rocha)

Dona Fátima fica encarregada sempre da limpeza e cuidados com o local, inclusive as árvores ao redor foi ela que plantou.
"Tem árvore aqui com mais de 25 anos, eu que plantei, até pé de limão tem", disse. 

FIÉIS DA REGIÃO
Quem pensa que os frequentadores são apenas da Vila Xavier, se engana. Há moradores de São Carlos, Matão, Américo Brasiliense, entre outras cidades vizinhas que sempre passam por lá para agradecer uma benção ou alguma promessa. 

"Vem gente de todo lugar aqui, São Carlos, Matão, tenho nome de pessoas de fora que pedem para ligar quando tem missa e eles vem de longe. As vezes fecho a capela 19h30 e a pessoa vai me chamar porque tem uma promessa e eu abro a capela, a pessoa faz a oração que tiver que fazer e eu fecho de novo", contou.  

Capela Nossa Senhora Aparecida tem mais de 100 anos e fica na Vila Xavier (Foto: Amanda Rocha)

Fátima disse que muitos trazem toalhas bordadas com a imagem de Nossa Senhora, velas e flores. Mas o dia mais bonito é no dia da padroeira, 12 de outubro. 

"No dia de Nossa Senhora tem bastante visitação, fica cheio de flor, eu enfeito, chega a ter flor em todos os bancos, é maravilhoso. A Capela fica muito linda", comentou.

Hoje sua filha Andreia a ajuda nos cuidados com a capelinha. A tradição e cuidados devem continuar por mais uma geração.
"Para mim é parte da minha casa, deixo de fazer coisas aqui para fazer lá se for o caso, foi assim a minha vida inteira e espero viver muito, só paro de cuidar daqui quando for embora dessa vida", finalizou. 

VEJA FOTOS 


Mais notícias


Publicidade