Publicidade

cotidiano

Fundação Casa de Araraquara registra surto de covid-19

Ao todo, 27 jovens foram contaminados com coronavírus

| ACidadeON/Araraquara -

Fundação Casa local, uma das 116 unidades da instituição (Amanda Rocha/Tribuna Impressa)
A Fundação Casa de Araraquara registrou nessa semana um surto de covid-19. No total, a unidade registrou 27 casos, de um total de 70 internos, e é a primeira unidade do estado a registrar surto da doença. 

De acordo com o secretário da Justiça e Cidadania e presidente da Fundação CASA, Fernando José da Costa, em entrevista concedida a CBN Araraquara, os jovens contaminados foram foram afastados dos demais e estão em sob a observação da equipe de enfermagem da unidade, bem como da Vigilância Sanitária de Araraquara. 

"A Fundação Casa vem realizando periodicamente os exames de covid, não só nos jovens como também nos servidores. Infelizmente, esses 27 jovens deram positivos. Todos estão assintomáticos e apenas um precisou ser encaminhado para um hospital do município por precaução - pois possui diabetes. Os familiares estão informados do que vem acontecendo e desde o início da pandemia não tivemos nenhum óbito desde o início da pandemia", explicou.  

Ainda de acordo com o presidente da Fundação, os casos foram descobertos durante a testagem que antecipava a vacinação dos jovens. "O primeiro caso positivo foi constatado dois dias antes da vacinação e por conta disso, a vacinação foi suspensa até que passe o período de quarentena. Então, passando por esse período, os jovens de Araraquara serão vacinados e ficarão mais protegidos", ressaltou. 

Os servidores também passaram por testagem e todos tiveram o exame negativado.  

CUIDADOS
Segundo Fernando José, desde o início da pandemia a Fundação determinou que os servidores do grupo de risco ficassem em casa retornando apenas após a vacinação e suspendemos a visita presencial. 

"Passamos a incluir a visitação online, que mesmo depois do retorno da visita presencial, continuou devido a boa aceitação. Passamos a implementar todas as medidas de proteção e orientação do plano saúde de São Paulo como a utilização de máscara, do uso de álcool gel, a higienização das mãos, o distanciamento, limitando o número de visita. Enfim, todas as medidas de proteção foram tomadas. Lamentavelmente tivemos esses casos, mas graças a Deus está sobre controle e estão todo assintomáticos", finalizou.

Mais notícias


Publicidade