Publicidade

cotidiano

Sorrir traz benefícios à saúde do coração, indica pesquisa

O cardiologista Yuri Brasil explica de que formas o ato de rir auxilia no bom funcionamento do corpo

| ACidadeON/Araraquara -

Pesquisas indicam que sorrir pode contribuir com cuidados com o coração


Pesquisas indicam que os cuidados com o coração devem ser constantes e diários, mesmo para quem não apresenta nenhum problema cardíaco, pois as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em todo o mundo.  

Para o cardiologista doutor Yuri Brasil, sentir-se bem e sorrir com frequência são uma forma de prevenção tão valiosa quanto o tratamento e precauções profissionais direcionados a potenciais distúrbios. 

"Embora o atual cenário mundial viva as consequências da pandemia, encontrar motivos para sorrir pode ser vantajoso, pois a forma com que reagimos aos acontecimentos do dia a dia tem reflexo em todo o nosso corpo, provocando até mesmo mudanças biológicas. Uma boa risada, por exemplo, consegue melhorar a ventilação pulmonar, função vascular e circulação sanguínea", disse o cardiologista. 

O especialista também explicou que, ao sorrir, o corpo irá liberar algumas substâncias importantes para a saúde, como o óxido nítrico, que é responsável por fazer as paredes dos vasos sanguíneos relaxarem - trazendo mais um benefício para o coração.  

"Rir ainda libera hormônios que estimulam o bem-estar, como a endorfina e a serotonina, imprescindíveis para uma boa interação social do ser humano." 

Diante desse cenário, Brasil também ressaltou que as doenças ateroscleróticas são promovidas pelo acúmulo de placas de gordura na parede interna do coração, um problema decorrente de fatores genéticos ou de maus hábitos de vida, como tabagismo, sedentarismo, aumento de colesterol, pressão arterial e até mesmo o diabetes. 

"Portanto, levar uma rotina com mais leveza e bom humor é capaz de diminuir o estresse, aumentar a queima diária de calorias e até mesmo aliviar a tensão física, porém, também é necessário adotar uma prática constante de atividades físicas e uma dieta de alimentação balanceada", comentou o cardiologista. 

Para doutor Brasil, o otimismo está relacionado com o aumento da longevidade, afinal, ter uma mente positiva encoraja comportamentos saudáveis, além de fortalecer o sistema imunológico e aumentar a energia do dia a dia.  

"Lembrando, é claro, de sempre manter consultas regulares com médicos especializados, pois embora o bom humor seja um forte aliado na saúde do corpo, a ajuda profissional também é essencial."

Mais notícias


Publicidade