Publicidade

cotidiano

Jornalista Fernanda Manécolo, editora do ACidade ON, morre aos 37 anos

Fernanda era de São Paulo, mas morava desde a infância em Araraquara, onde fez carreira no jornalismo

| ACidadeON/Araraquara -

Jornalista e editora Fernanda Manécolo. (Foto: Arquivo Pessoal)

 
Morreu nessa quinta-feira (7) a jornalista e editora do portal ACidade ON Araraquara, Fernanda Bolognese Manécolo Miquilini da Silva, aos 37 anos. Ela estava internada no hospital São Francisco, em Ribeirão Preto, devido a problemas cardíacos.

Fernanda era de São Paulo, mas morava desde a infância em Araraquara, onde fez carreira no jornalismo. Era casada com Fábio Michelin da Silva e mãe da pequena Valentina, de 5 anos.

Na carreira, teve passagens por diversos veículos de imprensa locais e sempre se destacou pelo olhar diferenciado da cobertura regional dos fatos. Ela se formou em jornalismo no ano de 2004 e, desde então, desempenhou papel de destaque no jornalismo de Araraquara e região. Entre as experiências profissionais, ela também se destacou como repórter da revista Kappa e editora do portal K3.

Fernanda também trabalhou no jornal Tribuna Impressa, que foi incorporado pelo portal ACidade ON. No portal, ela começou desempenhando um importante papel de repórter, com diversas coberturas relevantes para a cidade. Ao longo do tempo, se destacou e foi promovida a editora do portal em Araraquara. 

Além de editora, Fernanda sempre foi fã das palavras e de boas histórias. Ela mantinha o blog 'Seu nome está na rua', onde contava "causos" de moradores da cidade que ela "adotou" e fazia questão de deixar claro que amava. Uma de suas últimas postagens falava sobre o quanto gostava de dar voz a uma boa prosa.

No portal ACidade ON, Fernanda tinha como objetivo levar a realidade da cidade para os internautas, mas também queria contar histórias bonitas e inspiradoras para, como dizia, que o portal "ficasse mais leve", principalmente em meio ao noticiário da pandemia de coronavírus. 

"Fernanda sempre foi a representação da força, competência e do amor à família. No trabalho, ela era muito competente, não era uma editora que ganhava as coisas no grito, mas na conversa. Entendia todos os problemas e orientava como deveria ser feito. Usava de delicadeza para conquistar o respeito de todos. Ela tinha muito carinho pelo site, como se fosse um segundo filho. Olhava e cuidava o dia todo para que estivesse sempre atualizado", afirmou a jornalista, amiga e colega de trabalho Gabriela Martins.

"Fernanda era a cara do ON Araraquara, comprometida com a equipe e com a comunidade. Dona de ideias inovadoras e relevantes, deixa seu nome na história do jornalismo de Araraquara. Sua partida repentina é uma perda imensa para o grupo. Um dia triste para todos nós", afirmou Richard Aguiar, diretor de Programação e Mídias Digitais do Grupo EP. 

O Grupo EP se solidariza com amigos e familiares da jornalista. O velório acontecerá nesta sexta-feira (8), das 8h às 11h, na Igreja Presbiteriana Filadélfia, na Avenida Dr. Leite de Moraes, 521, Vila Xavier.

Mais notícias


Publicidade