Publicidade

cotidiano

Mulher salva cachorra vítima de maus-tratos em Matão

Cachorra estava amarrada com fio de aço e abandonada em uma árvore; casos de maus-tratos disparam na cidade

| ACidadeON/Araraquara -

Final feliz: Luana encontrou a cachorrinha "Chiquinha" amarrada e levou para casa (Foto: Arquivo pessoal)
 

 

Foi uma cena triste e chocante. Luana Cristina encontrou uma cachorrinha abandonada, amarrada com fios de aço numa árvore quando voltava para a sua casa, em Matão. A revolta fez com que a Luana publicasse o momento nas redes sociais. 

"Olha a situação que chegou o ser humano, ser sem coração e sem caráter. Passando na rua, encontrei abandonada e amarrada num pé de uma árvore uma cachorrinha", desabafou nas redes. 

O caso aconteceu no Jardim Brasil em Matão. Em entrevista à CBN Araraquara, Luana disse que o animal estava sem comida e sem água quando ela chegou. Revoltada com a situação ela decidiu levar a cachorrinha para casa. 

"Eu me revoltei, é um caso de maus tratos, escorria lágrima do meu olho vendo a situação do cachorro. Ela estava com o olhar triste com lágrimas, não podia deixar ela lá naquela situação, simplesmente recolhi e trouxe para a minha casa. Aqui ela é bem cuidada e bem tratada", comentou. 

O responsável pelo animal não foi identificado. Maria Aparecida Bellintani, diretora do Departamento de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos de Matão diz que a multa para abandono e maus tratos de animais pode chegar a R$ 2.900 mil. O poder público também abre um boletim de ocorrência e encaminha pra promotoria de justiça. 

"Nesse caso de abandono vamos lavrar um boletim de ocorrência mas precisamos ter a informação de quem praticou o ato, juntamente com o laudo veterinário e encaminhamos para a Promotoria Pública de Justiça", informou. 

Estela Barrios, presidente da Comissão de Proteção aos Animais da OAB de Matão explica que abuso e maus tratos a animais resultam em pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda. 

"Agora com o aumento da Lei que foi sancionada em 2019, o acusado pode ter pena de reclusão de dois a cinco anos, multa e a proibição de ser tutor do animal. Fora isso pode ser adotada penalidades através da prefeitura Municipal através de outras multas. Fora que será penalizado civilmente se for localizado o dono do animal", apontou. 

E não é a primeiro caso de maus tratos ou abandono em Matão. A diretora Bellintani conta que recentemente, em uma ação do poder público, agentes encontraram um cão morto em um lugar com condições muito precárias. 

Matão enfrenta um aumento de casos de violência contra animais. Para combater essa prática, Estela Barrios fala que é preciso colocar a lei em prática. 

"Infelizmente a nossa cidade vem aumentando o número de casos maus tratos. Esse caso de domingo, a cachorrinha estava bem, e já foi adotada, castrada e teve um final feliz. Mas infelizmente a maioria dos casos não é assim. Além da conscientização e educação da população, as leis devem ser aplicadas de forma mais severa de forma a ensinar o cidadão", avaliou. 

A Luana já deu nome para nova cachorrinha que encontrou abandonada: Chiquinha. A nova dona está cuidando da nova parceirinha mas infelizmente, nem todos os animais têm esse final feliz. 

Para denunciar violência contra animais entre em contato pelo número no (16) 33834060 ou (16)33834055.

Mais notícias


Publicidade