Publicidade

cotidiano

Calorão: vendas de ventiladores e sorvetes aumentam em Araraquara

Calor dos últimos dias tem movimentado o comércio da cidade e gera expectativa nos comerciantes para o mês que é considerado fraco

| ACidadeON/Araraquara -

 

 

Sorvete é uma boa pedida no calorão; vendas de gelados e ventiladores aumentou neste final de semana (Foto: Renan Lopes/ACidade ON Campinas)

 

 

 

  

 

O calorão dos últimos dias já tem tido reflexo no comércio. Em Araraquara, os comerciantes comemoram as altas temperaturas como uma forma de melhorar as vendas prejudicadas com a pandemia. 

Garrafinha dagua, açaí, água de coco, sorvete. Cada um tem um truque pra poder se refrescar nesses dias quentes de verão. Nesta segunda-feira (24), a Morada do Sol registrou máxima de 35°C.  

A vendedora Mônica Dourado aproveitou o tempo quente para comprar um milk shake em uma sorveteria no centro da cidade. 

"Araraquara é a Morada do Sol e já estamos acostumados com esse calorão. Mas hoje está demais, eu tive que tomar um sorvete pra refrescar", contou 

Quem ficou feliz foi Fabíola Gonçalves, a comerciante é proprietária de uma loja de chocolates e durante o verão reforçou os estoques de sorvete porque sabe que a sobremesa se torna o principal atrativo para os clientes. 

"As vendas hoje são os sorvetes e bebidas geladas, todos querem se refrescar. A gente se programa para janeiro que apesar de ser um mês mais baixo de vendas é um mês alto para vendas de sorvete . Esperarmos que melhore e supra nossas expectativas nesse mês", contou. 

A comerciante frisou que o movimento ainda não é o mesmo de antes da pandemia, mas que dias quentes costumam estimular as vendas. 

Se o calor nas ruas pode ser combatido com muita hidratação e guloseimas, dentro de casa, os preferidos dos consumidores tem sido os aparelhos de ar-condicionado e os ventiladores. 

Adriano de Paula é gerente de uma loja de eletrodomésticos no centro de Araraquara e disse que as vendas destes produtos aumentaram em torno de 10% neste último final de semana. 

Ele espera que o calor dure um pouquinho mais para que possa vender o que já tinha em estoque. 

"As vendas de ventiladores, climatizadores e procura a por ar condicionado aumentaram muito. A gente acredita que até o carnaval o fluxo de vendas é maior , mesmo sendo mais difícil para todo mundo no começo do ano", avaliou. 

A aposentada Sueli do Carmo Gonçalves não aguentou o calor e foi atrás de um ventilador nesta manhã depois de não conseguir dormir devido a alta temperatura na cidade. 

"O calorão tá demais, até dormi no chão essa noite, mas fico com medo de bicho. Comprei um ventilador para dormir um pouco melhor, né", avaliou.

Mais notícias


Publicidade