Publicidade

cotidiano

Nutricionista dá dicas de alimentação para enfrentar o calor

Para manter a saúde no verão, a nutricionista Larissa Tannuri recomenda muita água e alimentos in natura, como frutas e saladas de folhas

| ACidadeON/Araraquara -

 

O cuidado com a alimentação é fundamental para manter a boa saúde no verão (Foto: Reprodução)

 

O calor forte de Araraquara requer cuidados especiais com a saúde, como uma alimentação adequada. A nutricionista Larissa Tannuri dá dicas importantes para manter o corpo saudável em meio a altas temperaturas. 

"A principal estratégia para os dias de calor é manter uma boa hidratação, considerando que nosso corpo não produz água e que se estiver desidratado, não utiliza adequadamente as vitaminas, minerais, glicose e oxigênio, imprescindíveis para a manutenção da saúde celular", destacou Larissa. 

Ela ressaltou que devemos ingerir, em média, 2 litros de água por dia, mas a quantidade exata varia de pessoa para pessoa. 

"O importante é observar os sinais de desidratação do corpo, como baixa quantidade de urina ou urina de cor amarela ou alaranjada. O ideal é uma urina transparente. Outros fatores são a pele e os lábios ressecados, assim como inchaço nas pernas e pés e dores de cabeça diárias", acrescentou. 

A nutricionista alerta que o melhor meio de hidratação é mesmo a água, já que refrigerantes, bebidas alcoólicas e sucos industrializados trazem componentes que prejudicam a real utilização da água. 

ALIMENTOS IN NATURA 

Com relação à alimentação, Larissa disse que devemos priorizar os alimentos in natura, que são ricos em água, micronutrientes e compostos bioativos. Entre eles, frutas como melancia, melão, abacaxi, assim como saladas de folhas e água de coco, de preferência natural. 

Por outro lado, alguns alimentos devem ser evitados no clima quente, principalmente aqueles que contêm muito sal (cloreto de sódio), ingrediente que faz o corpo reter água, levando ao inchaço. 

"É importante lembrar que devemos evitar não só o sal de adição das preparações, mas todos os alimentos industrializados, como biscoitos recheados, macarrão instantâneo, salgadinhos e refrigerantes, que são compostos por grande quantidade de sódio", explicou. 

OLHO NO RÓTULO 

Ela acrescentou que a leitura dos rótulos de produtos alimentícios é sempre importante para se fazer boas escolhas, já que muitos produtos são vistos como saudáveis, ou até bons para a hidratação, mas podem ser vilões, como é o caso da gelatina, que apesar de conter água, é rica em açúcar e corante. 

"O aplicativo gratuito Desrotulando é um recurso interessante para escanear os códigos de barra dos produtos industrializados na hora da compra e auxiliar na melhor escolha", indicou. 

Outros alimentos que devem ser evitados no calor, segundo a nutricionista, são aqueles ricos em gordura, por serem digeridos de forma mais lenta, assim como os alimentos ricos em açúcar, que trazem consequências prejudiciais para o microbioma intestinal. 

HORÁRIOS 

Outro hábito importante para manter a saúde no verão, de acordo com Larissa, são os horários fixos para as refeições, não espaçando mais de 3 horas entre elas. 

"É importante também consumir principalmente alimentos in natura, evitando grandes quantidades em cada refeição e dar preferência para um prato bem colorido. Invista em muita água ao longo do dia e em comida de verdade. Pode parecer clichê, mas a saúde agradece quando descascamos mais e desembalamos menos", concluiu a nutricionista.

Mais notícias


Publicidade