Publicidade

cotidiano

Missa marca despedida de padre Luiz Carlos em Araraquara

Após ser velado na igreja Santo Antônio, nesta terça-feira (25), corpo seguiu para Dobrada, onde foi sepultado

| ACidadeON/Araraquara -

 

Monsenhor Luiz Carlos foi pároco na igreja Santo Antônio, na Vila Xavier, em Araraquara (Foto: Divulgação)

 

Uma missa na igreja de Santo Antônio, em Araraquara, marcou a despedida de Monsenhor Luiz Carlos Gonçalves, nesta terça-feira (25). Fieis, clero e líderes políticos lamentaram a partida do antigo pároco da comunidade localizada na Vila Xavier, região Leste. 


A missa de exéquias foi presidida pelo bispo auxiliar da Diocese de São Carlos, Dom Eduardo Malaspina, e concelebrada por Dom Francisco Carlos da Silva, bispo diocesano de Lins.  

"Monsenhor Luiz foi o homem do diálogo, da caridade e do bem comum. Um ser humano inteligente e de conversa longa e sempre ajudou as pessoas a humanizar as relações", ressaltou Dom Eduardo. 


No final da tarde, na Paróquia São Francisco de Paula, em Dobrada, foi realizada a missa exequial, presidida por Dom Eduardo Malaspina, bispo auxiliar da Diocese de São Carlos. O corpo seguiu para o cemitério de Dobrada, onde foi sepultado ao lado de familiares.  

Sepultamento de padre Luiz Carlos foi no cemitério municipal de Dobrada (Foto: Divulgação/Diocese de São Carlos)
 



MANIFESTAÇÕES DE PESAR
A morte de Monsenhor Luiz Carlos Gonçalves foi lamentada pelo prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT) e a deputada estadual Márcia Lia (PT). Durante sessão ordinária da Câmara Municipal, além de uma nota de pesar, foi respeitado um minuto de silêncio.  


SOBRE MONSENHOR LUIZ CARLOS GONÇALVES
Monsenhor Luiz Carlos nasceu em 01 de maio de 1942, na Fazenda Santa Elisa, na época, distrito de Dobrada, município de Matão. Terceiro filho do casal Vergílio Teixeira Gonçalves e Felicidade Basso Gonçalves, o Sacerdote tinha três irmãs: Antônia (falecida), Odila e Maria Teresa. 


A vocação para seguir a vida religiosa surgiu na infância. Ingressou no Seminário Central de Filosofia, em Aparecida de 1962 a 1964, e fez Teologia de 1965 a 1968 no Seminário Central de São Paulo. 


Padre Luiz Carlos foi ordenado sacerdote em 15 de dezembro de 1968 pelas mãos de Dom José de Aquino Pereira. O religioso era Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" e Licenciado em Filosofia pela Organização de Ensino de Mogi das Cruzes. 


ATUAÇÕES NA DIOCESE E NA REDE PÚBLICA DE ENSINO
Como sacerdote foi Vigário Auxiliar da Paróquia Santo Antonio assumindo posteriormente o oficio de pároco desta mesma comunidade paroquial em Araraquara. Em 2007 assumiu como Pároco da Catedral de São Carlos e exerceu a função de Vigário Geral da Diocese.  

No ano de 2009 Padre Luiz Carlos assumiu a Paróquia São Sebastião em Itajú, a Paróquia Nossa Senhora do Vale em Araraquara e foi Administrador Paroquial Paróquia São José em Matão. Em 2013 exerceu a função de vigário Episcopal da Região Episcopal 06.  

 

Araraquara perde Monsenhor Luiz Carlos Gonçalves

 


Em 2010 assumiu como pároco a Paróquia de Nossa Senhora Aparecida em Américo Brasiliense, ficando até o ano de 2017 ocasião em que enviou uma carta ao então Bispo Diocesano - Dom Paulo Cezar Costa, pedindo sua aposentadoria. Desde então seguiu como pároco emérito da referida comunidade paroquial. 


Monsenhor Luiz Carlos, foi professor na Rede de Ensino Público do Estado de São Paulo: como professor contratado de Educação Moral e Cívica, Organização Social e Política do Brasil, História, Geografia e Psicologia, de 1970 a 1985.  

Concursado e aprovado em Filosofia e Sociologia e efetivo em Filosofia de 1986 a 2002, tendo lecionado em São Paulo, Capital (Agua Rasa, zona leste) Jaboticabal (no Estadão) e Araraquara no EEBA. Aposentou-se em 2002.

Mais notícias


Publicidade