Publicidade

cotidiano

Em Araraquara, 20 ambulantes devem ir para passarela da Expressa

Serão 10 quiosques duplos destinados ao comércio de produtos; valor inicial da licitação é de R$390 mil

| ACidadeON/Araraquara -

 

Passarela entre avenidas Brasil e São Paulo terá reforço estrutural ( Foto:Tetê Viviani)
 

A passarela sobre a Via Expressa, no centro histórico de Araraquara, irá abrigar 10 quiosques para 20 trabalhadores ambulantes. A informação foi antecipada pela secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos ao portal acidade on.

Na terça-feira (14), a Câmara aprovou R$1,9 milhão de crédito adicional no orçamento para manutenção de atividades de secretarias municipais. Parte deste recurso será empregada na instalação dos quiosques. 

Segundo a administração municipal, um laudo de avaliação de capacidade de carga apontou a viabilidade de instalação de 10 estandes duplos, que irão abrigar os ambulantes.

 
VEJA TAMBÉM 
Pontilhão de Araraquara fica sem energia elétrica após furto 
Polícia Federal de Araraquara realiza operação contra fraudes 


A partir de agora, será dado início ao processo de licitação para a compra desses estandes. O processo permanecerá aberto por 30 dias, podendo ou não ser concluído neste período. 

O valor calculado pela secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos no processo de abertura de licitação é de R$ 390 mil. 

OS ESPAÇOS 

Nos moldes do que acontece na Praça Santa Cruz, cada quiosque terá o tamanho aproximado de 4m x 2m e será destinado ao comércio de produtos. Ou seja, não será permitida a venda de alimentos. 

O objetivo da iniciativa é regularizar a situação dos ambulantes que, hoje, comercializam produtos na Rua Nove de Julho, no Centro. A secretaria municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico e Turismo deve publicar edital para inscrição dos interessados. 

O edital de permissão de uso ficará aberto por 30 dias. Concluído todo o processo, os ambulantes poderão se instalar e começar a trabalhar com a situação regularizada. 

De acordo com a administração municipal, alguns trabalhadores já passaram por capacitação no Sebrae e o próximo passo é viabilização do cadastro desses ambulantes como Microempreendedor Individual (MEI). 

REFORMA 

A Passarela Orival Ramalho, que liga as Avenidas São Paulo e Brasil foi reformada para esta finalidade. Após o término das obras de recuperação da estrutura, uma empresa especializada foi contratada para elaboração de um laudo de avaliação de capacidade de carga no local. 

Em 8 de outubro do ano passado, após três meses, a obra no local foi concluída. O valor investido foi de R$300 mil. 

 
LEIA MAIS 
Prefeito da região diz que aguarda verba após recusar propina

Publicidade