Geladeira comunitária reduz desperdício e ajuda o próximo em Araraquara

Projeto solidário já recebeu muitas doações de alimentos e ajudou várias pessoas que precisam nos últimos dias

    • ACidadeON/Araraquara
    • Paula dos Santos
ACidade ON - Araraquara
Balconista Elza Dias (foto) mostra o que tinha na geladeira, na tarde de ontem (Amanda Rocha/Tribuna)


Uma geladeira comunitária foi instalada em Araraquara e está fazendo bastante sucesso entre os moradores. Desde sexta-feira passada, quando o projeto foi lançado, vários alimentos foram doados e muitas pessoas já passaram para retirar as doações. Além de ajudar o próximo, a iniciativa também visa evitar o desperdício de alimentos.

A geladeira fica na rua Henrique Lupo, 331, em frente à padaria Via Saudável. Segundo a balconista Elza Dias, de 60 anos, a ideia surgiu porque muitas pessoas passavam no local pedindo comida ou dinheiro. “Tem muita gente que dorme ou vive nessa praça e a gente procurava um jeito de ajudar. Eu e meu filho, que é o dono da padaria, contamos com a ajuda do pessoal da igreja para pensar em uma solução”, conta.

Quatro amigos se reuniram para comprar a geladeira e o dono da padaria, Ednan Henrique Dalle Piagge, ficou responsável pelo gasto energético e a análise dos alimentos. “Por enquanto, teve um fluxo grande. Muitas pessoas doaram, sempre colocando a data de validade, e tudo foi retirado bem rápido. Ficamos muitos felizes em ver que está funcionando”, diz Elza.

Ontem à tarde, por exemplo, tinha berinjela, cenoura, pães, batata, manteiga, água e marmitas na geladeira. “Teve uma moça que comprou duas marmitas, uma para ela e outra para colocar na geladeira. Não deu nem cinco minutos e um moço veio pegar, pelo cheiro parecia delicioso, ele saiu super feliz comendo, acho que fazia tempo que não almoçava comida mesmo”, diz.

Como funciona
Qualquer pessoa pode colocar alimentos na geladeira, como frutas, legumes, leite, pães, iogurte e refeições prontas, como marmitas. Caso o produto não tenha a data de vencimento na embalagem, o ideal é que seja anotado para não correr o risco de estragar. Como a geladeira não tem freezer, não é indicado doar carne, peixe ou frango cru.

A ideia faz parte do “Freedge – geladeiras comunitárias”, uma iniciativa nos Estados Unidos que fez diversas pesquisas sobre o assunto e oferece suporte para quem quer criar uma geladeira comunitária também. De acordo com eles, o propósito é criar um espaço de compartilhamento livre para reduzir o desperdício de alimentos e promover a proximidade entre as pessoas.


6 Comentário(s)

Comentário

Keli Teixeira de Mendonça

Publicado:

Se todos ajudassem a ter uma geladeira dessa em cada praça seria bençãos p os moradores de rua e p a população

Comentário

Valmir

Publicado:

Achei nota 10 a atitude dos responsáveis pelo projeto....Muita gente está passando necessidade. Espero que esta ideia se multiplique

Comentário

Lisete

Publicado:

Maravilhosa iniciativa

Comentário

Alexander Batista Duharte

Publicado:

Otima idéia.

Comentário

Sonia

Publicado:

Parabéns, belo gesto!

Comentário

Magda

Publicado:

Parabéns para as pessoas que se uniram e realizaram esse projeto. Tomara que se espalhe por outros bairros.