Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Geladeira comunitária é retirada temporariamente após briga entre moradores de rua

Vidro foi quebrado e deve ser consertado até o final da semana; Guarda Municipal deve reforçar segurança

| ACidadeON/Araraquara

ACidade ON - Araraquara
Geladeira precisou ser retirada após ter o vidro quebrado durante briga entre moradores de rua (Amanda Rocha/ACidadeON Araraquara)


A geladeira comunitária localizada em frente a uma padaria perto da praça do Faveral, no Santa Angelina, precisou ser retirada temporariamente após ter o vidro quebrado durante um desentendimento entre moradores de rua pela comida na tarde do último domingo (15). O projeto, no entanto, deve ser retomado até o final desta semana.

LEIA TAMBÉM: Geladeira comunitária reduz desperdício e ajuda o próximo em Araraquara

Segundo o proprietário da padaria idealizadora da iniciativa, uma reunião deve ser realizada ainda na tarde desta segunda-feira (16) entre ele e representantes da Guarda Municipal e Assistência Social, já que a presença de viciados em entorpecentes na praça gerava falta de segurança ao local e muitos, inclusive, pegavam a comida para trocar em drogas. A segurança no local deve ser reforçada.

ACidade ON - Araraquara
A balconista Elza Dias mostra alimentos colocados como doação na geladeira (Amanda Rocha/ACidadeON Araraquara)


"Muita gente estava contribuindo, mas virou um problema quando essas pessoas começaram a pegar as comidas deixadas para vender ou trocar por drogas, além das brigas pelos alimentos. Apesar disso, vamos continuar com o projeto, principalmente agora que teremos o apoio da Guarda e assistência social", contou Ednan Henrique Dalle Piage.

Ainda segundo Ednan, o objetivo é fazer com que o problema seja resolvido e as pessoas continuem a doar os alimentos a quem precisa. "Não vamos parar, tem gente que precisa e é beneficiada por essas doações, precisamos pensar nelas", complementa.

Solidariedade
Em funcionamento há pouco mais de um mês, qualquer pessoa pode colocar alimentos na geladeira, como frutas, legumes, leite, pães, iogurte e refeições prontas, como marmitas. Caso o produto não tenha a data de vencimento na embalagem, o ideal é que seja anotado para não correr o risco de estragar. Como a geladeira não tem freezer, não é indicado doar carne, peixe ou frango cru.

A ideia faz parte do “Freedge – geladeiras comunitárias”, uma iniciativa nos Estados Unidos que fez diversas pesquisas sobre o assunto e oferece suporte para quem quer criar uma geladeira comunitária também. De acordo com eles, o propósito é criar um espaço de compartilhamento livre para reduzir o desperdício de alimentos e promover a proximidade entre as pessoas.

Mais do ACidade ON