Aguarde...

cotidiano

Supermercados e farmácias se preparam para enfrentar a quarentena

Entre as medidas adotas está horário especial para idosos, entregas e distanciamento nas filas

| ACidadeON/Araraquara

Supermercados e farmácias se preparam para quarentena (Foto: Amanda Rocha)
 
As redes de supermercado e farmácias de Araraquara estão se adequando para atender aos clientes, no período de quarentena. Enquanto a ordem é para que a população fique em casa, serviços essenciais de varejo e de saúde não fecham, mas há regras para sair às compras.

Entre as medidas adotas estão o horário especial para atender aos idosos, a limitação de clientes por vez, distanciamento nas filas e em alguns casos, limite de compras.   

No Savegnago o chão foi marcado para que os clientes mantenham distância segura (Foto: DIvulgação)

A rede Savegnago disponibiliza atendimento exclusivo para idosos das 7h às 8h. Acompanhantes serão liberados somente em casos necessários.

A partir das 8h é permitida a entrada de apenas uma pessoa por família, para atender a limitação de um cliente a cada 5 metros quadrados de área útil de circulação. A rede providenciou uma demarcação no solo para facilitar a orientação dos consumidores.  
 
O Savegnago também colocou material acrílico nos caixas para proteger funcionários e clientes.
 
Faixas de segurança são usadas para indicar o distanciamento necessário nas filas (Foto: Amanda Rocha)

No Jaú, das 7h às 8h, também é um horário exclusivo para idosos. Depois disso está liberada a entrada. Nos caixas foram colocadas faixas para evitar aglomerações.  

No Palomax, a loja está abrindo das 7h às 8h exclusivamente para idosos. Além disso, para este público, a rede disponibilizou um telefone, (16) 3337-1951, para compras e entregas em domicílio.  

Por dentro, a loja está sendo organizada com faixas, para o distanciamento das pessoas, além disso, os carrinhos estão sendo limpos a cada compra. Nos caixas também têm álcool em gel e borrifador com água e sabão para as esteiras e quatro vezes ao dia, toda a frente de caixa é limpa.  

"Também temos um preocupação com os nossos funcionários. Os que estão no grupo de risco foram afastados, assim como os que apresentam qualquer sintoma de gripe", afirma Ana Paula Vanucci, diretora operacional do Palomax.  

No supermercado Bombarda, além da limpeza dos carrinhos, a mudança de postura está nas máscaras usadas pelos funcionários. "Distribuímos as máscaras para manter os funcionários seguros", diz José Roberto Bombardi, proprietário. 



Farmácias
Nas farmácias de Araraquara, o esquema de segurança sanitária também está sendo adotado, como filas com distanciamento e limitação da entrada de clientes nas lojas.  

Patrícia Arena, de 42 anos, está andando de máscara porque é do grupo de risco, assim como o filho Enzo de 13 anos. "Viemos na farmácia, mas estamos tomando todos os cuidados necessários", reforça.


Mais do ACidade ON