Aguarde...

cotidiano

Moradores relatam como está a quarentena nos bairros

No Vale Verde teve festa no último final de semana, já no Victorio de Santi, vizinhança está mais reclusa

| ACidadeON/Araraquara

Fabiana e sua família no Vale Verde (Foto: Amanda Rocha)

Dois bairros populosos e duas realidades no enfrentamento para conter à pandemia do coronavírus em Araraquara.
Isso foi o que disseram moradores da região do Vale Verde, na Zona Norte e no Jardim Victorio de Santi I, no outro extremo da cidade. 

A auxiliar de serviços gerais Fabiana Silva, do Vale Verde, tem quatro filhos, e tem feito de tudo para distrair as crianças em casa para que não saiam.  

Porém, conta que pelas ruas do bairro tem muita gente batendo perna e até uma festa foi registrada no último final de semana, na rua que mora. "Povo não tem consciência que o negócio é sério e leva na brincadeira", desabafa. 

Seu marido continua trabalhando, e sempre que chega em casa deixa o sapato na parte de fora para evitar qualquer possibilidade de contágio. "Ele trabalha de uniforme, então assim que chega já ponho no sol, porque ele vem almoçar em casa todo dia", conta.

Já no Jardim Victorio de Santi, a diarista Cícera Maria da Silva diz que as pessoas estão se resguardando e é difícil ver alguém fora de casa.  

No entanto, como ela é diarista e o sustento da casa, tem que sair em dias alternados para o trabalho. "Aqui tá tudo calmo, pessoal está dentro de casa, mas eu preciso trabalhar, pago aluguel", diz.  

Cícera relaxa quando fica em casa, ela tem que trabalhar pois é diarista (Foto: Arquivo Pessoal)

Cícera é diabética e faz parte do grupo de risco, ela está se prevenindo como pode, mas já não encontra álcool gel em nenhum lugar. Muito menos máscara. "Tenho lavado bem as mãos, braços e rosto com água e sabão".

Mais do ACidade ON