Aguarde...

cotidiano

Pai morre dois dias depois do filho com suspeita de covid-19

O exame do rapaz de 40 anos deu positivo, mas o teste do pai, um idoso de 67 anos, ainda aguarda resultado

| ACidadeON/Araraquara

Em Américo Brasiliense foi montado um unidade de atendimento no hospital José Nigro Neto (Foto: Arquivo/ON)
 
A covid-19 pode ter causado a morte de duas pessoas da mesma família nesta semana na vizinha Américo Brasiliense. Um homem de 40 que morreu na segunda-feira (18) e o teste foi confirmado para covid-19. Seu pai, um idoso de 67, morreu na última quarta-feira (20) com suspeita da doença e aguarda resultado. 

As mortes em Américo ganham ares de tragédia. Na sexta-feira (15), o rapaz de 40 anos procurou a unidade de saúde do município que está atendendo especificamente casos de síndromes gripais. Lá foi diagnosticado, colocado no soro e quando iam fazer o teste, ele fugiu. 

"Não sei se por medo, ansiedade, o que aconteceu, mas o paciente fugiu. Fomos atrás com ambulâncias, tivemos a ajuda da Polícia Militar, mas não o encontramos", relata a secretária municipal de Saúde, Eliana Marsili, em entrevista para o programa Manhã CBN.
 
Na última segunda-feira (18), o rapaz retornou para o hospital 'José Nigro Neto' com sintomas graves e dificuldades para respirar. Teve uma parada cardíaca antes que fosse transferido para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e morreu. Ele tinha hipertensão.  
 
Já o idoso morreu na quarta-feira (20) da mesma forma. Procurou o hospital em estado grave e antes que fosse transferido morreu. Ele tinha diabetes.
 
PREOCUPAÇÃO
O que preocupa é que durante o final de semana, o homem não respeitou a quarentena e teria saído com os amigos para uma partida de truco. "Agora, nosso apelo é para que as pessoas que estiveram com ele procurem o sistema de saúde para serem testados", diz Eliana.  

A família do rapaz está sendo monitorada. A namorada dele fez exame porque também apresenta sintomas de covid-19. 

O rapaz trabalhava em uma empresa na cidade de Dourado, que também foi notificada. Entre os amigos do trabalho, o clima é de apreensão. "Estou aflito, com sintomas de gripe, tenho família, filhos, estou muito preocupado. Fomos no hospital e fizemos o teste", diz o soldador Miqueias de Oliveira Souza, de 40 anos. 

Segundo a última atualização divulgada pela Vigilância Epidemiológica, Américo Brasiliense tem 23 casos confirmados de coronavírus e 20 aguardando resultados. Américo tem pouco mais de 38 mil habitantes.

"Todos nós temos que nos cuidar. Respeitar o isolamento social, usar máscaras, estamos falando de uma doença ainda desconhecida. É muito sério, não podemos descuidar", finaliza Eliana Marsili.

Mais do ACidade ON