Aguarde...

cotidiano

Aglomeração na região Central de Araraquara preocupa a Saúde

Com a reabertura gradual do comércio muitas pessoas estão no Centro de Araraquara em plena ascensão da covid-19

| ACidadeON/Araraquara

A aglomeração de pessoas no Centro de Araraquara tem sido motivo de preocupação do Comitê de Combate ao Coronavírus. Segundo o boletim divulgado no início desta quarta-feira (03), caso haja um relaxamento no isolamento social, as medidas de flexibilização serão suspensas. 

Reabertura do comércio Araraquara causou aglomeração pelas ruas do Centro (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)
 
Segundo a secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, com a retomada do atendimento presencial nos estabelecimentos comerciais e de serviço da cidade, com restrições, mediante autorização do Governo do Estado de São Paulo, tem se constatado uma aglomeração de pessoas nos corredores comerciais da cidade que preocupa as autoridades sanitárias.

"Muitas pessoas, inclusive idosos, que são do grupo de risco do coronavírus, têm circulado pelos corredores comerciais nestes últimos dias e, alguns deles, sem o cuidado de usar máscaras", diz ela durante mais um boletim do Comitê.

"É importante ressaltar que a quarentena continua e principalmente as pessoas que fazem parte do grupo de risco da doença precisam permanecer em suas casas, em isolamento social. Com o aumento de pessoas circulando, o risco de contaminação pela covid-19 é muito maior", ressalta.

Honain pede conscientização e diz que as mudanças que estão ocorrendo exigem muito cuidado com a prevenção; é imprescindível que as pessoas que precisam sair para trabalhar ou que precisam comprar no comércio usem máscaras e reforcem a higienização das mãos, por exemplo. 

SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA

Araraquara registrou mais 34 casos de coronavírus nesta quarta-feira (03). Portanto, são 295 casos confirmados na cidade. Aguardam resultado de exames 81 amostras. Do total, 70 permanecem em quarentena e 220 já saíram.

Hoje, 23 pacientes estão internados. Destes, 18 estão em enfermaria, sendo sete suspeitos e 11 casos confirmados. E cinco estão internados em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), sendo dois suspeitos e três confirmados. Do total de 23 internados, 21 são moradores de Araraquara e dois são de outro município e foram transferidos para hospital da cidade.

Foram notificados, até o momento, cinco mortes em decorrência da covid-19. 

Araraquara possui, até o momento, 90 bairros com casos notificados. Além disso, também constam na Secretaria da Saúde de Araraquara casos confirmados de moradores de Américo Brasiliense, Matão, Ribeirão Bonito e Santa Lúcia que trabalham e circulam diariamente em Araraquara.


Mais do ACidade ON