Aguarde...

cotidiano

Saúde retoma horário normal de postos e agendamento de consultas

Postos estavam em horário estendido por causa do coronavírus, mas a partir do dia 1º de julho começa flexibilização

| ACidadeON/Araraquara

Upa da Vila Xavier polo de atendimento coronavírus (Foto: Amanda Rocha)
A rede municipal de Saúde passa a ter seu atendimento flexibilizado a partir do dia 1º de julho, em Araraquara. De acordo com a secretária de Saúde, os seis postos de saúde que vinham atendendo - Jardim América, do Selmi Dei I, da Vila Xavier, do Santa Angelina, do Melhado e do Jardim Iguatemi - voltam a atender em horário normal, das 7h às 16 horas.  

As unidades estavam trabalhando em horário estendido desde 23 de março e realizavam o atendimento de pacientes sem agendamento, com o intuito de evitar a superlotação das UPAs. 

"Com a organização da assistência em Saúde, incluindo a abertura do polo de triagem e atendimento na UPA da Vila Xavier, a demanda nestes postos no período da noite teve uma redução significativa nas últimas semanas. Dessa forma, os postos voltam a atender em horário normal e as equipes que atuavam nestes locais passam a fortalecer o serviço de bloqueio e orientações diárias que é prestado aos positivados e seus comunicantes", explica a secretária de Saúde, Eliana Honain. 

VOLTA DAS CONSULTAS
Ainda a partir de 1º de julho será retomado os serviços de consultas, de exames especializados e os programas da rede básica. A flexibilização dos serviços da saúde será feita de forma gradual e por agendamento, para evitar aglomerações e garantir a segurança dos pacientes atendidos e dos servidores municipais. 

Além disso, a Secretaria de Saúde irá realizar testes rápidos nos servidores municipais que fazem atendimento ao público, começando pelo Paço Municipal.
As deliberações foram debatidas pelo Comitê de Contingência do Coronavírus Araraquara, na manhã desta quarta-feira (24).

FIQUE LIGADO
Com base nos estudos que são realizados diariamente sobre o avanço dos casos na cidade e o perfil das vítimas fatais, o Comitê considera importante a redução da idade da busca ativa para internação de pacientes suspeitos e diagnosticados com covid-19.

Portanto, a internação preventiva passa a se recomendada para pacientes com idade a partir de 45 anos e para todas as pessoas portadoras de comorbidades, independentemente da idade.

CASOS
Araraquara registrou nessa quarta-feira (24) mais 26 casos confirmados de coronavírus, somando 789 casos notificados da doença, sendo que 146 permanecem em quarentena e 633 já estão curados.

Atualmente, 28 pacientes estão internados. Desses, 17 estão em enfermaria cinco suspeitos e 12 casos confirmados - e 11 pacientes confirmados estão em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Foram notificados, até o momento, 10 óbitos decorrentes de Coronavírus e um caso suspeito. Trata-se de um homem com 67 anos, com comorbidades, que faleceu na última segunda-feira. O caso espera resultado de exame.

Mais do ACidade ON