Aguarde...

cotidiano

Internações em decorrência da covid-19 aumentam 13% em Araraquara

Cidade está também recebendo pacientes mais graves de municípios da região

| ACidadeON/Araraquara

UPA Vila Xavier é referência no atendimento de suspeitas da covid-19 (Foto: Amanda Rocha)
 
Araraquara começa a semana com 175 pessoas doentes, em quarentena por causa da covid-19. Nesta segunda-feira (29), 41 pessoas estão internadas, seja em enfermaria ou ainda Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), com complicações respiratórias decorrentes do coronavírus.

O número de internados em Araraquara aumentou 13% desde a semana passada. Na sexta-feira (26), 36 doentes estavam internados; nesta segunda-feira o número saltou para 41. 

A internação aumentou também porque pacientes graves da região estão ocupando leitos na cidade. Na sexta, seis moradores da região estavam no hospital em Araraquara; hoje, são 10.

Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), os doentes mais graves estão internados nos leitos da Santa Casa e do Hospital Estadual de Américo Brasiliense. Já os pacientes de enfermaria estão no Hospital de Campanha, no Jardim Nova América.

"Dos pacientes internados 31 são de Araraquara e 10 de outros municípios", explica a secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, durante o boletim diário do Comitê de Combate ao Coronavírus.  

A secretária de Saúde reforça que todos os pacientes com sintomas mais graves como tosse e falta de ar precisam procurar atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Xavier.

Araraquara registra desde março 922 casos confirmados de coronavírus, destes 736 saíram da quarentena e são considerados curados.  

Foram notificados, até o momento, 11 óbitos decorrentes de coronavírus. Não há caso suspeito em investigação.  

"Destacamos que os casos suspeitos e confirmados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena", reforça Honain.

Mais do ACidade ON