Aguarde...

cotidiano

Araraquara segue com a menor taxa de letalidade no Estado

Números foram atualizados durante coletiva de imprensa, nesta terça-feira (14), pelo secretário estadual Marco Vinholi

| ACidadeON/Araraquara

Hospital da Solidariedade em Araraquara é referência no atendimento da covid-19 (Foto: Amanda Rocha)
A cidade de Araraquara segue com a menor taxa de letalidade de todo o Estado de São Paulo. A atualização dos números da covid-19 foi feita, durante coletiva de imprensa, nesta terça-feira (14), pelo Comitê Estadual de Contingência da Doença.  

Segundo o levantamento das autoridades de Saúde, apresentado pelo secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, a Morada do Sol possui índice de 1,17%, seguida por Taubaté (1,89%), Bauru (2,06%), Botucatu (2,14%) e São Carlos (2,37%). 

"É fundamental dizer que dois fatores foram feitos por essas prefeituras ao longo desse processo. Primeiro a qualidade no tratamento de saúde e segundo a política de testagem que é fundamental que a gente siga avançando no Estado de São Paulo junto com nosso programa de rastreamento anunciado na última semana que vai possibilitar melhoras ainda maiores na evolução da pandemia, para seguir desacelerando essa evolução no Estado de São Paulo. Ressalto enfim, que com essas ações, mantemos o Estado com atendimento pleno na área da Saúde, com todas as pessoas com condição de atendimento", ressalta Vinholi.  

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, Araraquara registra 15 mortes em decorrência da doença. Até essa terça-feira foram registrados, no total, 1.276 casos da covid-19, sendo que 1.111 pessoas estão curadas e 150 seguem em quarentena.  Há ainda 172 pessoas aguardando resultados de exames e um total de 48 internações.  

Araraquara tem sido destaque nacional pelas ações que têm tomado no combate ao Coronavírus. Destaca-se pela política de ampla testagem e diagnóstico, com apoio dos laboratórios da Unesp e Uniara, que coloca a cidade acima da média nacional.

Desde o início da pandemia até dia 1º de julho, foram feitos 8,3 mil testes, o que representa 3.516 testes para cada 100 mil habitantes - Araraquara tem estimativa populacional de 236.072 pessoas, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

INTERNAÇÃO PRECOCE  
A cidade possui a política de internação precoce dos positivados, o que tem antecipado os protocolos de enfrentamento à doença. Por esse motivo a cidade tem hoje uma média de 30% da utilização dos leitos de UTI.

Além disso, as equipes de busca ativa, faz consultas domiciliares de positivados e da população que compõe os grupos de risco. Isso tem antecipado internações antes da evolução da doença, o que significa ocupação de leitos de enfermeira, afastando o risco de colapso dos leitos e UTI.

Há ainda equipes de telemedicina, que acompanha os casos não sintomáticos e em recuperação da doença.



Todas essas ações, segundo a secretária de saúde, Eliana Honain, têm sido fundamental para que a letalidade seja a mais baixa do estado, uma das baixas do Brasil, que tem o índice de 3,85%, e uma das mais baixas do mundo, por exemplo, a Alemanha, que é referência mundial no combate à Covid19, tem um índice de 4,55%.

Mais do ACidade ON