Aguarde...

cotidiano

Araraquara segue na fase amarela do Plano de Flexibilização

Porém, com o aumento no número de mortes, cidade está em alerta e pode regredir para a fase laranja

| ACidadeON/Araraquara

Mapa do Plano São Paulo de Flexibilização atualizado (Foto: Reprodução)

Araraquara segue na fase amarela, a três, do Plano São Paulo de Flexibilização. Segundo a última atualização feita pelo Governo do Estado, na tarde desta sexta-feira (31), a cidade segue na fase que permite uma maior flexibilização da economia.

Efetivamente, Araraquara ainda está na fase laranja, a fase amarela começa a valer na semana que vem, após publicação do decreto por parte da Prefeitura.

A diferença entre as duas fase, basicamente é o número de horas que o setor de comércio e serviços pode atender. Na fase dois de Flexibilização, a laranja, que está em vigor atualmente estes estabelecimentos funcionam por quatro horas. Na fase amarela, fase três, por seis horas. Além disso, na fase amarela continuam funcionando academias e salões de beleza, com horário reduzido, sem aglomeração e com protocolos sanitários rigorosos.

EM ALERTA 
Apesar de manter na fase amarela, Araraquara está em alerta. Nos últimos dias, o aumento das confirmações de novos casos e também o número de mortes preocupa as autoridades de saúde.

Para se ter uma ideia, até junho Araraquara tinha 12 mortes em decorrência da covid-19. Em julho, sete mortes foram registradas.

"Se os números continuarem em ascensão vamos regredir e não só por causa do número de casos, mas principalmente pelo número de óbitos em Araraquara e na região, que é muito preocupante. Tivemos mortes em Rincão, Santa Lúcia, Matão, Gavião Peixoto e Araraquara, São Carlos, e as mortes tem peso em uma possível reclassificação", explica a secretária municipal de Saúde, Eliana Honain.

"As pessoas estão abusando muito e vivemos uma pressão econômica grande para a flexibilização, mas se os números seguirem em ascensão podemos regredir", opina Honain.  

Na atualização desta sexta-feira, a região de Registro, que estava na fase amarela passou regrediu para a fase vermelha por causa do aumento de 7% no número de mortes.   

Uma nova atualização do Plano São Paulo, agora será na próxima sexta-feira (07).

 



Mais do ACidade ON